Lajeadense de 10 anos é campeão brasileiro de golfe

Vicente Cagliari venceu o campeonato nacional infantil, disputado no Rio de Janeiro


0
Atleta lajeadense Vicente Cagliari (Foto: Luís Fernando Wagner)

O atleta lajeadense Vicente Cagliari, de apenas dez anos de idade, sagrou-se campeão brasileiro de golfe. O título foi conquistado neste mês de julho, no Rio de Janeiro. Vicente precisou superar outros quatro concorrentes, na categoria E, que envolve jogadores de 10 e 11 anos. Vicente obteve vaga para o nacional após atingir o índice classificatório no torneios do US Kids.


ouça a reportagem

 


 

Para garantir a boa performance, o golfista mirim conta que mantém uma rotina de treinos diários, além de enfrentar adversários da categoria adulto. “Treino todos os dias, no campo de golfe montado no antigo estádio do Lajeadense, no Bairro Florestal. Eu treino com crianças, mas quando meus amigos não estão, jogo conta adultos”, comenta.

Para o futuro, Vicente projeta voos mais altos. “Pretendo ganhar uma bolsa de estudos para treinar nos Estados Unidos, que é onde estão os melhores jogadores. Talvez lá, eu consiga me tornar um jogador profissional de golfe”, comenta.

A próxima competição do golfista lajeadense, será mais uma etapa do US Kids, ainda sem local definido, mas possivelmente em Gramado ou Porto Alegre.

 

O golf

Golfe é um esporte no qual os jogadores usam diversos tipos de tacos para arremessar uma bola para uma série de buracos numa vasta extensão de terreno, usando o menor número possível de tacadas.[1]

É um dos poucos desportos com bola que não exige uma área de jogo normalizada. Em vez disso, o desporto é praticado num campo de golfe, o qual geralmente consiste numa progressão de nove ou dezoito buracos. Cada buraco inclui uma área de terreno inicial (tee) e uma área final (green), na qual se encontra o buraco propriamente dito. Entre as duas áreas existem diversos tipos padronizados de terreno e obstáculos, e cada buraco possui uma configuração única.

As competições de golfe são geralmente pontuadas em função do menor número de tacadas individuais, ou stroke play, ou a pontuação mais baixa em cada buraco individual durante uma ronda completa de um jogador ou de uma equipe, ou jogo por buraco. O formato jogo por tacadas, no entanto, é o mais comum em todas as competições. Wikipédia

Texto: Luís Fernando Wagner
noticias@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui