Lajeado começa a atender pacientes na modalidade de teleconsulta

As unidades de Saúde que contarão com este serviço, de início, serão Novo Tempo, Montanha e Conventos


0
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Lajeado, por meio da Secretaria de Saúde (Sesa), começará a atender pacientes na modalidade de teleconsulta nesta semana. A nova alternativa permite a realização de consulta médica de forma remota para casos considerados leves de pacientes que vão até as unidades de saúde. As unidades de Saúde que contarão com este serviço, de início, serão Novo Tempo, Montanha e Conventos. O objetivo é oferecer um número maior de consultas no dia, com a opção de atendimento à distância quando a agenda do dia do posto estiver esgotada.

A modalidade tem o mesmo processo de uma consulta convencional, e o paciente precisará estar presencialmente no posto de saúde: será necessário o agendamento na unidade de saúde, após o paciente participará da triagem no posto e a equipe de enfermagem encaminhará para o consultório online na unidade de Saúde. O médico, responsável, estará em um consultório na Secretaria de Saúde e atenderá o paciente à distância.

Conforme o secretário de Saúde, Cláudio André Klein, a teleconsulta complementa os atendimentos da unidade de Saúde e será uma alternativa às consultas presenciais. “Além do atendimento presencial, será oferecido essa modalidade ao paciente. Quando o limite de consultas diário for excedido, o paciente também poderá optar pelo teleatendimento e poderá ser atendido no próprio dia”, explica o secretário.

O critério de atendimento para teleconsulta segue sendo o mesmo: apenas poderão ser atendidos pacientes vinculados às unidades de Saúde com esta modalidade disponível. As unidades de Saúde foram escolhidas por conta da estrutura física necessária para contemplar esta modalidade de atendimento. Conforme o titular da pasta, foi observado a necessidade de implantar esta modalidade de consulta à distância como alternativa, pois os últimos meses apresentaram uma alta demanda de atendimentos não-emergenciais. “Verificamos que muitos dos atendimentos, principalmente na UPA, poderiam ser solucionados de forma online. Como já tínhamos esse projeto estruturado, decidimos colocá-lo em prática em algumas unidades”, afirma o secretário de Saúde.

As receitas médicas e atestados serão emitidos pelo sistema do Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul (Cremers) e impressos na unidade de Saúde. As teleconsultas, de início, ocorrem nas terças e quintas-feiras à tarde. Os profissionais da Saúde que atuarão na teleconsulta e as equipes das unidades de Saúde também passaram por treinamentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui