Lajeado é o único município do Vale do Taquari que registra novas infecções por dengue nesta semana

Sete resultados foram confirmado, além disso, um óbito também foi confirmado para o município


0
Foto: Ilustrativa/Divulgação

O Vale do Taquari registrou, da última sexta-feira (8) até esta sexta-feira (15), sete novas infecções por dengue. Conforme os dados do Painel de Arboviroses, disponibilizado pelo Estado, a região chegou a um total de 5.971 casos da doença em 2022, ou seja, 0,1% a mais do que os 5.964 registrados na semana passada.

Em comparação às últimas semanas, os números se mantêm estáveis, em uma média baixa. No boletim divulgado dia 3 de junho, 154 novos casos haviam sido contabilizados, ou seja, um decréscimo de 87,6% para os dados registrados nesta sexta. Na semana passada, o Vale registrou 19 novas infecções, na anterior, 64 novas infecções foram registradas.

Além disso, o Vale possui seis óbitos confirmados de dengue pelo Estado. Tratam-se de cinco moradores de Lajeado — um jovem de 13 anos, três idosas, uma de 72, outra de 67 anos e uma de 65 anos e um idoso, de 75 anos. Um homem de 79 anos, morador de Putinga, também faleceu em decorrência da doença.

As confirmações são principalmente dos municípios de Lajeado (4.000) — a cidade com mais casos do Rio Grande do Sul —, Arroio do Meio (1.021) e Estrela (460). Dos casos confirmados na região até o momento, 5.831 são autóctones, ou seja, as pessoas foram contaminadas no próprio município. Outras 7.459 notificações foram dadas ao Vale do Taquari. A região ainda possui 786 casos descartados, e outros 121 estão em investigação

Texto: Vinicius Mallmann
regional@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui