Lajeado planeja retorno do turno integral na rede municipal de ensino para o começo de agosto

“Pela primeira vez na história, um professor da rede municipal assume a pasta da Educação”, valoriza a nova secretária, Adriana Vettorello


0
Foto: Tiago Silva

O programa Troca de Ideias desta terça-feira (13) conversou com a nova secretária de Educação de Lajeado, Adriana Vettorello, que assumiu a pasta em substituição a Vera Plein. “O desafio me foi posto. Eu aceitei no primeiro momento como reconhecimento ao trabalho ao longo desses anos, e também pela credibilidade. Pela primeira vez na história, um professor da rede municipal assume a pasta da Educação. A gente sempre teve alguém indicado de fora”, lembra.


ouça a entrevista

 


Adriana ressalta que o administrativo e o pedagógico têm que andar juntos, com uma boa estrutura para dar suporte ao professor no ato de ensinar. A nova titular da pasta diz que ainda está se ambientando e entendendo a dinâmica interna. Na primeira semana de trabalho, ela realiza uma série de reuniões na secretária enquanto monta a sua equipe de trabalho para dar uma resposta às demandas mais urgentes. Adriana já prepara um cronograma de visitas às escolas da rede municipal para organizar suas ações.

A nova secretária diz que a Educação tem bons projetos em andamento, e buscará escutar e estar próxima aos gestores das escolas. Em meio à pandemia, Adriana ressalta a importância da execução do plano de recuperação do tempo perdido, que inclui no currículo deste ano os conteúdos essenciais somados a uma estratégia para suprir a defasagem na aprendizagem.

Nesse contexto, após o recesso do final de julho, Adriana Vettorello já planeja o retorno em tempo integral tanto das Escolas Municipais de Ensino Infantil (Emeis) como das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs) que têm contraturno. A data é a partir de 2 de agosto.

“A Educação Infantil voltando, a gente segura um pouquinho mais o berçário”, explica. “A gente vai ver como se configura. O importante é chamar escolas de tempo integral e do turno oposto, e essas crianças de Emeis que já estão em turno integral, mas com horário reduzido, passariam a fazer turno integral, e o berçário a gente vai ajustando”, detalha, sobre a maneira como a Prefeitura de Lajeado está pensando esse retorno.

A gestora observa que deve ser ajustado ainda a questão da higienização das escolas, com recursos humanos para suprir. Por isso ela dialogará com as direções para identificar a demanda de cada escola.

Saiba mais:

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui