Lajeado é primeiro município do país a assinar a Carta Brasileira de Cidades Inteligentes

Em ato simbólico, o prefeito municipal, Marcelo Caumo, assinou o documento durante o evento Crie Smart Cities


0

A trajetória para tornar Lajeado uma cidade inteligente ganhou novo capítulo. Na noite desta quarta-feira (25) Lajeado assinou a Carta Brasileira de Cidades Inteligentes. Em um ato simbólico, o prefeito municipal, Marcelo Caumo, assinou o documento durante o evento Crie Smart Cities, promovido pela Universidade do Vale do Taquari, Univates. No documento, o município se compromete com objetivos, ações e projetos voltados ao desenvolvimento urbano sustentável, a promoção da educação e inclusão digital, estímulo ao protagonismo comunitário, estabelecimento de parcerias e decisões com base em evidências.

A ação se soma aos diversos projetos que estão sendo desenvolvidos em Lajeado a fim de aumentar a qualidade de vida da população. A comunidade pode visualizar essas ações detalhadamente na apresentação feita pelo prefeito Marcelo Caumo no Crie Smart Cities. Com o título “Lajeado: Uma cidade em movimento!”, a palestra mostrou como projetos como o Pacto Lajeado pela Paz e o Pro_Move Lajeado se conectam com a proposta de transformar Lajeado em uma cidade inteligente.

“Sempre que a gente fala de cidades inteligentes, a gente necessariamente está falando das pessoas. Uma cidade só será inteligente se a gente conseguir trazer todo o mundo com a gente. Então eventos e movimentos como o Crie, onde é possível conversar com vários públicos diferentes, como os acadêmicos, professores e comunidade, é muito importante para passar o norte que se desenha para a cidade”, falou o prefeito, Marcelo Caumo.

O evento foi encerrado com a assinatura da carta, que é uma iniciativa da Secretaria Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), em parceria com o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações e com o Ministério das Comunicações. Representando o ministério, Laís Andrade Barbosa de Araújo, destacou a importância de Lajeado ter aderido à iniciativa.

“A Prefeitura de Lajeado se debruçou nos objetivos e recomendações da carta, e a gente está aqui para saudar essa iniciativa que é assumir o compromisso de tornar a cidade mais inteligente, não incluindo apenas tecnologia, mas promovendo desenvolvimento urbano sustentável. A cidade inteligente é inteligente na prática, ela pensa como melhorar a qualidade de vida do cidadão. Estamos muito felizes de ver essa iniciativa saindo do papel”, falou Laís, em vídeo transmitido durante o evento.

Com a assinatura da carta, Lajeado se soma à rede de cidades a nível mundial que estabelecem seu compromisso de colaboração para seguir os objetivos e diretrizes da Carta a nível local, em colaboração com o Ministério do Desenvolvimento Regional e com a Sociedade Alemã para Cooperação Internacional, disponibilizando-se assim para estudos aplicados em seu território. AI/VM


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui