Lajeado teve 1,5 mil empresas abertas apenas no primeiro semestre de 2022

Número de MEIs é superior ao dobro das demais empresas criadas


0
Atualmente, Lajeado conta com 907 empreendimentos a mais do que havia em dezembro de 2021 (Foto: Artur Dullius)

O empreendedorismo está cada vez mais presente no dia a dia do morador lajeadense. Isso porque o município encerrou o primeiro semestre de 2022 com 15.756 empresas ativas registradas. O número é 6,11% maior que o contabilizado ao final de 2021. Apenas nos primeiros seis meses deste ano foram criados 1.500 novos CNPJs, o que representa uma média superior a oito por dia. Por outro lado, 537 encerraram o seu registro de empreendedor.


ouça a reportagem

 


Segundo André Bücker, secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Agricultura, Lajeado teve 471 novas empresas e 1029 novos MEIs (microempreendedores individuais) constituídos em 2022. No entanto, do total de CNPJs ativos no município, apenas 41,83% são MEIs. “Valorizamos o número de MEIs, mas também entendemos que muitas vezes estas pessoas não estarão empregadas em alguma das outras empresas. Portanto, precisamos ver o lado positivo, que é a busca do povo de ir atrás do seu negócio, seja ele por necessidade ou por sonho, por não querer estar vinculado a alguém, por ser seu próprio chefe. Essa é uma tendência que estamos vendo no mundo inteiro durante a pandemia. As pessoas estão buscando a qualidade de vida, a independência, sem precisar estar prestando contas para alguém”, afirma.

Durante todo o ano de 2021 Lajeado havia registrado 2.522 novos CNPJs. O número do primeiro semestre de 2022 já representa 59,47% do total contabilizado no ano anterior. “Olhando os números eles guardam praticamente a mesma proporção, claro que não na vírgula, mas no número geral sim. Então segue num ritmo que a gente considera acelerado, pois foi o ritmo que a gente já teve em 2021, numa retomada de pandemia. São números que mostram a atividade econômica muito forte em Lajeado, sempre com essa veia empreendedora”, destaca o secretário.

André Bücker, secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Agricultura (Foto: Artur Dullius)

Atualmente, a cidade conta com 907 empreendimentos a mais do que havia em dezembro de 2021. De acordo com Bücker, grande parte deles estão ligados às áreas de serviço, comércio, indústria. “A média do ano passado era praticamente a mesma. Em 2020 teve uma situação um pouco diferente em razão da pandemia, mas em relação a 2018 e 2019 segue mais ou menos uma mesma média. A gente já verifica a mais tempo um maior número de MEIs sendo constituídas”, pontua.

Balanço do primeiro semente de 2022

– Inscrições de novas Empresas: 471
– Inscrições de Microempreendedor Individual: 1029
– Empresas ativas em junho de 2022: 15.8756 (sendo 9.164 registradas como empresa e 6.592 como MEI)
– Saldo de novas empresas no primeiro semestre de 2022: 907

Texto: Artur Dullius
reporter@independente.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui