Lavanderia lajeadense proporciona serviço de autoatendimento pioneiro nos Vales do Taquari e Rio Pardo

Lavup está localizada no Bairro Florestal e abre diariamente das 8h às 22h


0
Lavup está localizada no Bairro Florestal e abre diariamente das 8h às 22h (Foto: Divulgação)

É de Lajeado, a lavanderia Lavup, pioneira no serviço de autoatendimento nos Vales do Taquari e Rio Pardo. Nela, o cliente efetua o pagamento de R$14, coloca as roupas para lavar na máquina, onde onde já estão inclusos os produtos Omo e Confort, da linha industrial, e aguarda em torno de 30 minutos. Para secar é preciso fazer um novo pagamento de R$14, colocar na secadora e aguardar cerca de 45 minutos para que ela complete o ciclo e as roupas saiam limpas, secas e cheirosas.

Conforme os sócios-proprietários, Alexandre Piccinini e Ricardo Rodo, a inspiração veio dos países de primeiro mundo. “As lavanderias de autoatendimento são essenciais em países de primeiro mundo e também estão presentes em cidades turísticas no Brasil. Como elas facilitam a vida das pessoas, criamos a nossa marca e hoje somos pioneiros nos Vales do Taquari e Rio Pardo”, explicam.

Cada cesto comporta de 20 a 25 peças. A proposta da lavandeira é proporcionar mais agilidade no dia a dia. “Nosso maior valor é poder realmente facilitar a rotina corrida das pessoas, pois muitas vezes se torna cansativo lavar e secar roupas em casa. Além disso, criamos um ambiente acolhedor, com mesas para trabalhar, wi-fi e televisão para o usuário se sentir confortável enquanto espera completar o ciclo das roupas”, contam.

Franquia

Inaugurada em março deste ano, a Lavup já virou franquia. Foram abertas duas unidades: uma em Santa Cruz do Sul e outra em Estrela. Interessados podem contatar a matriz que está localizado na rua Olavo Bilac, nº 269, sala 115, Bairro Florestal. O local abre diariamente, inclusive nos domingos e feriados, das 8h às 22h, sem fechar ao meio-dia. “Escolhemos um bairro residencial para facilitar o fluxo das pessoas, pois nosso serviço atinge principalmente roupas do dia a dia”, destacam.

Texto: Elisangela Favaretto

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui