Leandro Boldrini é selecionado em programa de residência médica do Hospital Universitário de Santa Maria

Em março de 2023, Leandro Boldrini foi condenado a 31 anos e oito meses de prisão pelos crimes de homicídio quadruplamente qualificado e falsidade ideológica


0
Leandro Boldrini foi absolvido em processo interno do Cremers (Foto: TJ RS/Divulgação)

Leandro Boldrini, condenado pela morte do filho Bernardo, de 11 anos, foi selecionado para o programa de residência médica do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM). Ele se classificou para atuar na área de Cirurgia do Trauma. A vaga deveria ser confirmada até quarta-feira. A assessoria da instituição afirmou que ainda aguarda a confirmação do candidato e que divulgará nota. O Conselho Regional de Medicina do RS (Cremers) disse que não vai se manifestar, porque o processo na esfera criminal não interfere no âmbito ético.

O advogado Ezequiel Vetoretti, responsável pela defesa de Boldrini, também evitou declarações. “É assunto pessoal dele. Não me manifesto”, resumiu. Desde outubro do ano passado Boldrini cumpre pena no Presídio Regional de Santa Maria, em regime semiaberto. Ele não está impedido de atuar na profissão, uma vez que foi absolvido em um processo disciplinar interno do Cremers. Segundo a decisão, não há provas que ele tenha receitado a medicação que resultou na morte do filho.

Boldrini já havia se candidatado a uma vaga de residência em coloproctologia, em janeiro, no mesmo hospital. Na ocasião, a oportunidade era de apenas uma vaga. O médico acabou ficando em quarto lugar.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui