Lei Geral de Proteção de Dados é tema da primeira reunião presencial da Acil, nesta terça-feira

LGPD impacta nas relações comerciais e de consumo, nas áreas jurídica, de processos e TI das empresas.


0
Gerente da Acil, Antonio Juarez da Silva, e a vice-presidente da entidade, Graciela Black (Foto: Tiago Silva)

A Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) realiza a primeira reunião-almoço presencial de 2020 nesta terça-feira (20), a partir das 11h45, no salão de eventos da entidade. Os advogados Cristiano Colombo e Manoel Trindade abordarão o tema “LGPD: da conformidade às implicações para as empresas”.

Durante a exposição, os palestrantes falarão sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) de uma forma prática, no dia a dia empresarial. A regulação trazida pela LGPD exige adequações por parte das empresas que coletam informações dos usuários, principalmente em relação ao consentimento expresso dos usuários sobre a coleta, tratamento de dados, finalidade e eventual transferência de seus dados para terceiros.

O gerente da Acil, Antonio Juarez da Silva, explica a escolha do tema. “Nós entendemos que há um campo muito grande a ser cuidado pelas empresas, porque a LGPD vem a impactar profundamente nas relações comerciais, nas relações de consumo. Objetivamente, nas áreas jurídica, de processos dentro da empresa, na área de TI. Então, é uma série de cuidados que o empresário deve ter”, observa.


ouça a entrevista

 


Palestrantes

Cristiano Colombo é pós-doutor em Direito pela PUC-RS e especialista em Direito Tributário. Atua nas áreas cível, tributária, previdenciária e empresarial. É professor de mestrado profissional em Direito da empresa e negócios e dos cursos de graduação em Direito, Comércio Exterior e Relações Internacionais na Unisinos e Faculdade de Direito das Faculdades Integradas São Judas Tadeu.

Manoel Trindade é doutor em Direito pela UFRGS; coordenador do LLM em Direito dos Negócios e da Especialização em Contratos e Responsabilidade Civil da Unisinos; professor permanente do mestrado profissional em Direito da Empresa e dos Negócios e da Graduação da Unisinos. É também coordenador do pós-LLM em Proteção de Dados da Unisinos.

Protocolos

Para este primeiro evento presencial realizado pela entidade, todos os protocolos da Secretaria Estadual de Saúde serão seguidos. Os participantes devem utilizar máscaras, sendo autorizada a retirada somente no horário do almoço. Além disso, o ambiente será esterilizado com ozônio através do uso do equipamento ozonyx, cedido pela empresa Medical San, de Estrela.

O salão de eventos da Acil comporta 130 pessoas. Porém, para o evento, será utilizado apenas 50% da capacidade do espaço. “A nossa vontade é da volta ao normal. Claro que com todos os cuidados, obedecendo todos os protocolos”, ressalta o gerente da Acil, Antonio Juarez da Silva. A vice-presidente de administração da entidade, Graciela Black, ressalta que “se todos cuidarem, a gente consegue retomar sem maiores problemas”.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui