Leite diz que não renunciará para ser candidato a vice-presidente

Para concorrer ao Planalto, governador deve renunciar até o início de abril


0
Governador do Estado do RS, Eduardo Leite (Foto: Dani Barcellos/Palácio Piratini)

Diante do eminente desembarque do PSDB para o PSD para concorrer a presidência da República, o governador Eduardo Leite afirmou, nesta quinta-feira, nos Estados Unidos, onde participa de missão governamental, que não renunciará ao comando do Palácio Piratini para ser vice-presidente da República. Só o fará se for como cabeça de chapa. A manifestação foi feita durante apresentação na Elliott School of International Affairs, em Washington.

VALE ESSA

Para concorrer a qualquer cargo na eleição deste ano que não seja a reeleição, Eduardo Leite precisa deixar o comando do Palácio Piratini até o início de abril. Neste caso, assumirá a função o vice, Ranolfo Vieira Júnior.

O caminho para Leite entrar na disputa ficou livre na noite desta quarta-feira, quando o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), anunciou que não concorreria ao Planalto para poder concentrar as atenções no comando do Senado.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui