“Leito hospitalar a gente até consegue, mas já não temos mais respiradores”, afirma secretário de Saúde de Lajeado

“Aparelhos antigos não dão uma boa resposta”, percebe Cláudio Klein.


0
Foto: Ilustrativa

O secretário de Saúde de Lajeado, Cláudio Klein, relatou nesta quinta-feira (25) que a prefeitura está em contato frequente com a direção do Hospital Bruno Born e com a equipe estadual da saúde para conseguir atender à alta procura por leitos de UTI para tratamento de Covid-19.

“A grande questão que se coloca são os equipamentos. Leito hospitalar a gente até consegue, mas aí já não temos mais respiradores. Alguns respiradores que o hospital dispõe, mais tradicionais, mais antigos, têm dificuldade de funcionar de forma ideal para pacientes com Covid”, explica. “Aparelhos antigos não dão uma boa resposta”, percebe. Klein ressalta que “vai se usar tudo que se dispõe, mas com certeza, os atendimentos não vão ter a qualidade que se deveria ter”, lamenta.


ouça a entrevista

 


 

Para o caso de se faltar leitos no Vale do Taquari, o secretário diz que os pacientes devem ser levados para a região sul missioneira, onde a capacidade hospitalar ainda não está esgotada.

“Estamos numa situação que nunca se imaginaria que chegaria dessa forma, e numa rapidez absolutamente inesperada”, afirma. “Estávamos no início de fevereiro com circulação de casos muito reduzida. Estávamos com três pacientes ocupando a UTI, apenas. E, de uma hora para outra, essa ocupação absurda, muito rápida”, compara.

“É uma situação absolutamente dramática, e agora a população tem que assumir um comportamento, assumir os seus limites, porque não tem como se aceitar agravamento de novos casos e não terá como atender mesmo”, lamenta.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui