Dois dias depois de demitir Dorival Júnior após derrota contra o Corinthians por 2 a 0, o Santos acertou com Levir Culpi para o restante da temporada 2017.

O vínculo será válido até o fim do ano, já que o clube terá eleições presidenciais ao término da temporada e, por estatuto, não poderia fechar com um treinador por um período maior.

Assim, Levir já deve treinar a equipe nesta semana. Nesta quarta, o Santos encara o Botafogo, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro, mas quem vai dirigir o time será o interino Elano, ex-jogador do clube.

A cúpula santista se reuniu no último domingo para definir a saída de Dorival e cogitar substitutos. Culpi sempre foi o preferido do presidente Modesto Roma, apesar de outros nomes terem sido lembrados em reuniões da diretoria.

Levir tem 64 anos e passou por dezenas de clubes ao longo da carreira. Um dos principais trabalhos foi no Cruzeiro, entre 1996 e 1999, quando venceu uma Copa do Brasil, dois Mineiros, uma Recopa Sul-Americana e uma Copa Centro-Oeste.

Já no Atlético-MG, Levir teve passagens parecidas. São três mineiros (1995, 2007 e 2015), uma Recopa (2014), uma Copa do Brasil (2014) e um Brasileiro da Série B (2006).

No ano passado, esteve no Fluminense, onde venceu a Primeira Liga, mas acabou bastante criticado e foi demitido em novembro. Desde então, seguia sem trabalhar.

Fonte: Espn

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui