Lideranças regionais esperam que Colégio Tiradentes inicie as aulas em Lajeado em 2021

A escola, ligada ao Departamento de Ensino da BM, abriria as portas com duas turmas do 1º ano do Ensino Médio.


0
Tenente-coronel Maya e o secretário de segurança de Lajeado, Paulo Locatelli, destacam a qualidade do ensino e a disciplina no CTBM (Foto: Tiago Silva)

Os agentes que atuam na linha de frente da segurança pública em Lajeado esperam que o Colégio Tiradentes da Brigada Militar (CTBM) inicie suas atividades no município em 2021. A escola, ligada ao Departamento de Ensino da polícia Militar gaúcha, abriria as portas no Vale do Taquari com duas turmas do 1º ano do Ensino Médio. Cada uma teria 30 alunos. Há duas escolas pré-selecionadas que podem sediar o colégio em Lajeado. A definição será feita pela 3ª Coordenadoria Regional de Educação (3ª CRE).


ouça a entrevista

 


Pleito antigo da região, o projeto de instalação do Colégio Tiradentes em Lajeado ganhou forte impulso nesta semana. Na terça-feira (19), o prefeito Marcelo Caumo; o secretário municipal de Segurança Pública, Paulo Locatelli; o promotor de Justiça Carlos Augusto Fiorioli; o comandante do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Taquari (CRPO-VT), coronel André Giuliani; e o diretor de Ensino da BM, coronel Vladimir Ribas, receberam o sinal positivo do secretário estadual de Educação, Faisal Karam.

Agora é aguardado o envio de um expediente da 3ª CRE, oficializando o posicionamento favorável à escola gerida pela BM em Lajeado. Após esse procedimento, deve ser publicado um decreto no Diário Oficial do Estado (DOE), confirmando a cidade-polo do Vale do Taquari como  uma sede do CTBM. Além de Porto Alegre, o Colégio Tiradentes possui unidades em Santa Maria, Passo Fundo, Santo Ângelo, São Gabriel, Ijuí e Pelotas.

Pelo cronograma que as autoridades envolvidas trabalham, 2020 deve ser destinado à avaliação técnica do Conselho Estadual de Educação (CEED) ao pedido, além da adaptação das instalações do educandário em Lajeado e organização do edital para concurso público. “A nossa vantagem é que adiantamos muitas fases, e a CRE já deu aval”, comenta o chefe do Estado-Maior do CRPO-VT, tenente-coronel Luis Marcelo Gonçalves Maya.

Conforme explica o secretário de Segurança Pública de Lajeado, Paulo Locatelli, “há muito interesse da tropa que essa escola fique em Lajeado”, pois seria “uma forma dos soldados e praças ficarem por aqui”. Ele espera que o expediente da 3ª CRE chegue à Secretaria Estadual de Educação em duas semanas. “Estamos por um detalhe”, afirma. “Nós vamos ficar incomodando o secretário até que saia no Diário Oficial”, brinca ele.

O Colégio Tiradentes existe desde o início da década de 1980, com sua primeira unidade fundada em Porto Alegre. É uma escola de turno integral, os alunos têm atividades em tempo integral, se dedicam aos estudos da grade curricular, realizando atividades físicas e recebendo formação cívica. O ensino é público e gratuito. Os professores que atuam no CTBM são da rede estadual, e a direção da escola é feita por oficiais da Brigada Militar.

Uma parcela das vagas são destinadas para filhos de militares da corporação (entre 40 e 60%, dependendo da região), mas a maioria é aberta para a sociedade civil. As crianças e adolescentes precisam passar por um processo de seleção, sendo submetidas a provas teóricas e de disciplina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui