Liminar do TRF4 determina que Detrans do país voltem a emitir CRLV físico

Liminar atende recurso justificando que há milhões de brasileiros excluídos do universo digital e, por isso, a expedição da via física é necessária.


0
Foto: Portal TRF4

A desembargadora federal Marga Inge Barth Tessler, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), proferiu na última semana decisão liminar suspendendo os efeitos da Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que previam a emissão do Certificado de Registro de Veículo (CRV) e do Certificado de Licenciamento Anual (CLA) exclusivamente por meio digital.

A liminar atende a um recurso do Conselho Federal dos Despachantes Documentalistas do Brasil (CFDD/BR) e de mais três entidades de despachantes do estado de Santa Catarina e é válida para os Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans) de todo o país.

No recurso, as entidades alegaram que a resolução publicada pelo Contran violou a Lei que assegura a emissão dos documentos conforme a preferência do proprietário do veículo.

Segundo a magistrada, a lei busca garantir direitos de milhões de brasileiros excluídos do universo digital e, por isso, a expedição da via física é necessária.

A ação segue tramitando na primeira instância da Justiça Federal de Santa Catarina e ainda deverá ter o mérito julgado. MS/TRF4

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui