Loja da Havan em Lajeado pode ser inaugurada em agosto, adianta prefeito Marcelo Caumo

Gestor diz que data ainda não está definida. Para ele, instalação de grandes marcas em Lajeado traz emprego e renda, e demonstra bom cenário econômico do município


6
Luciano Hang e Marcelo Caumo em visita ao local que vai receber a Havan em Lajeado (Foto: Artur Dullius)

O prefeito Marcelo Caumo comentou nesta sexta-feira (9), no Troca de Ideias da Rádio Independente, o andamento das obras de instalação de uma unidade da Havan em Lajeado. A rede do empresário Luciano Hang está com cinco lojas em construção no RS, uma delas em Lajeado, à margem da BR-386. Nesta quinta, Hang visitou o local e demarcou onde será colocada a Estátua da Liberdade, marca da empresa.

O prefeito de Lajeado destacou o ritmo frenético dos negócios e das obras tocadas pela Havan. “Não ha definição precisa de data para a loga ainda, mas, informalmente, cogita-se para o mes de agosto que a loja seja inaugurada. Esse prazo não é definitivo, e pode ser alterado. Mas o importante que as lojas estão andando bem”, destaca Caumo.


ouça a entrevista

 


 

O gestor municipal diz que a Havan ficará em um ponto estratégico de Lajeado. “E, com certeza, tratá benefícios não so para a Havan e ao pessoal que transita na BR-386, mas para todo o comercio, porque serão mais pessoas que vêm a Lajeado, e isso incrementa todo o comércio, não só para a Havan”, analisa.

Caumo valoriza a instalação de empresas de projeção nacional na cidade. “A gente recebe isso com muita satisfação, porque são empresas que, antes da definição de onde vão fazer o investimento, realizam uma grande pesquisa de mercado e do perfil dos consumidores. E Lajeado tem conseguido atrair esses diferentes segmentos, seja de alimentação, seja comércio em geral ou loja de departamentos, como a Havan”, observa

Para o prefeito de Lajeado, “é uma concretização e comprovação de que a nossa economia figura bem no cenário brasileiro”. “E tomara que a gente possa estar atraindo outros investimentos. É emprego e renda, e qualidade de vida”, pontua.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

6 Comentários

  1. O exemplo de como se comportar diante de uma pandemia passou longe destes indivíduos. CADÊ A MASCARA !!!!!????? Depois não adianta cobrar da população e penalizar o comércio.

  2. O gaúcho moderno não honra a tradição, se fosse na época onde tínhamos amor por nossa querência, jamais iríamos admitir um guasca qualquer montar um bolicho pra quebrar os pequenos bodegueiros. Resumindo, acorda cambada, esse bilionário vai quebrar os pequenos lojistas. Façam protesto e nao deixem esse velhaco acabar com seu ganha pão. Depois não digam que não avisei.

  3. Por isso que o Brasil está em primeiro em mortes no mundo. Os líderes dão mau exemplo, prefeito depois não adianta ficar se escondendo quando os comerciantes forem te cobrar atitudes. Lajeado está muito mal admistrada esse ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui