Mãe de policial que prestou primeiros socorros no desabamento na região de Miami é encontrada morta nos escombros

Corpo de Hilda Noriega, mãe do chefe de polícia Carlos Noriega, foi identificado nesta quarta. Ao menos 16 pessoas foram retiradas sem vida dos destroços, 147 seguem desaparecidas


0
Montagem com as fotos de Hilda Noriega e seu filho, o chefe de polícia Carlos Noriega (Foto: Redes Sociais e Polícia de Miami/G1)

A mãe de um policial que prestou os primeiros socorros no desabamento de um prédio na região de Miami foi encontrada morta nos escombros, informaram as autoridades locais nesta quarta-feira (30).

Hilda Noriega, de 92 anos, era moradora do edifício que colapsou. O chefe da polícia local, Carlos Noriega, filho de Hilda – cubana que emigrou para os EUA em 1960 –, foi um dos primeiros a prestar socorros logo após o incidente.

“Perdemos coração e alma com a morte da nossa matriarca”, disse a família do policial em um comunicado. “Mas passaremos por este difícil momento com o amor incondicional pelo qual Hilda era conhecida.”

Familiares de Hilda disseram, em entrevista ao jornal “The New York Times” que a idosa estava para se mudar do apartamento. Eles haviam anunciado a venda e já começavam a receber visitas de possíveis compradores.

Na quinta-feira (24), dia do incidente, 37 moradores foram resgatados com vida. Desde então, as equipes de buscas encontraram ao menos 16 corpos sob os destroços, 147 pessoas seguem desaparecidas.

“Nossa família gostaria de agradecer às centenas de trabalhadores e socorristas que arriscam suas vidas de forma corajosa e que encontraram nossa mãe e outras vítimas inocentes”, afirmaram em nota.

Até o momento, as autoridades da Flórida identificaram os corpos de:

  • Hilda Noriega, 92 anos
  • Stacy Dawn Fang, 54 anos
  • Antonio Lozano, 83 anos
  • Gladys Lozano, 79 anos
  • Manuel LaFont, 54 anos
  • Leon Oliwkowicz, 80 anos
  • Luis Bermudez, 26 anos
  • Anna Ortiz, 46 anos
  • Cristina Beatriz Elvira, 74 anos
  • Marcus Joseph Guara, 52 anos
  • Frank Kleiman, 55 anos
  • Michael David Altman, 50 anos

Uma criança brasileira está entre os desaparecidos. Lorenzo Leone, de 5 anos, estava com seu pai, Alfredo Leone, quando o edifício veio abaixo. Sua mãe, Raquel Oliveira, não estava no apartamento porque visitava parte da família no Colorado.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui