Mãe que causou o acidente e tentou matar a filha é condenada a 19 anos e quatro meses de prisão 

Após o julgamento a acusada retornou ao Presídio Madre Pelletier, em Porto Alegre, onde já estava detida.


3
Foto: Vinicius Mallmann

A mulher que causou o acidente e tentou matar sua filha de 2 anos, ao cortar a frente de um caminhão na BR-386, no dia 17 de maio, foi condenada a 19 anos e quatro meses de prisão em regime fechado, por tentativa de homicídio, com agravante de motivo torpe, no início da noite desta quarta-feira (18). A sentença foi dada pela juíza responsável, Carmen Luiza Rosa Constante, após sete jurados julgarem os fatos. O caso foi julgado no Fórum da Comarca de Lajeado.

O julgamento teve início às 13h e se estendeu até às 19h45. A acusação solicitava a condenação da ré por tentativa de homicídio múltiplo, envolvendo sua filha e os demais envolvidos no acidente. Por outro lado, a defesa buscava a absolvição alegando abuso psicológico por parte de seu ex-companheiro, e pai da criança.

Durante as mais de 6 horas de julgamento foram ouvidas quatro testemunhas, o Ministério Público, representado pelo promotor de justiça Diego Prux, e o advogado de defesa José Felipe Lucca, além da ré.

Após o julgamento a acusada retornou ao Presídio Madre Pelletier, em Porto Alegre, onde já estava detida. VM

3 Comentários

  1. Está mulher foi condenada enquanto um bêbado nas mesmas condições mata , atropela e muito mais paga fiança e responde em libertade , com uma pena insignificante isto se é contenado

  2. Tambem achei a pena alta .. Mais foi horrivel o que fez a filha passar apesar de achar sim q ela estava em surto .. E mesmo disposta a acabar com a vida .. Mais nao podia ter feito isso com a crianca … Mais em todo caso so pegou a pena de 20 anos por ser mulher e mae .. Pois se fosse o pai q tivesse feito isso nao seriam tao severos

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui