Mães reclamam de vandalismo em escolas dos EUA após ‘desafio’ do TikTok; rede social bloqueia vídeos

Jovens gravam imagens destruindo banheiros dos colégios onde estudam e furtando frascos de álcool gel, por exemplo. Empresa afirma que 'não permite conteúdos que incentivem atividades criminosas'


0
Estudantes roubam escolas em 'desafio' do Tik Tok (Foto: Reprodução/Twitter)

Nas redes sociais, mães de alunos norte-americanos demonstram preocupação diante de um novo “desafio” (ou “trend”) do Tik Tok: vídeos que estimulam crianças e jovens a depredar a escola onde estudam.

Principalmente nos Estados Unidos, adolescentes são instigados a compartilhar imagens que mostrem eles mesmos destruindo banheiros ou roubando itens como sabonetes, frascos de álcool gel, computadores e portas.

Para tentar solucionar o problema, a rede social afirmou que bloqueou todos os conteúdos relacionados ao “desafio”, porque “não permite materiais que promovam atividades criminosas”.

Ainda assim, relatos de alunos e pais no Twitter mostram que a “trend” continua.

Em um colégio do estado da Carolina do Norte, o acesso aos banheiros foi bloqueado, para evitar os atos de vandalismo.

“Meu filho, que tem autismo, não pode mais ir sozinho ao toalete, onde ele se sentia seguro, porque a escola não tem como confiar nos alunos”, afirma Jenn Bureau.

No Missouri, outra mãe compartilhou um relato em redes sociais.

“Esse desafio é ridículo e destrutivo. Atingiu a escola do meu filho, e os banheiros foram fechados. É um problema de saúde pública”, escreveu.

Tentativas de evitar vandalismo

Casos de depredação nos colégios estão sendo noticiados pela imprensa internacional.

Em um distrito de Nova York, por exemplo, diretores tiveram de interditar banheiros para consertar as pias destruídas. Como os episódios continuam se repetindo, o acesso aos toaletes é agora controlado por funcionários, segundo reportagem do “News 10”.

De acordo com o site da “NBC”, as escolas pedem o apoio dos pais para alertar sobre a gravidade desse “desafio”.

“Nós vamos investigar todos os vídeos postados e responsabilizar os alunos envolvidos. Por favor, converse com seu filho imediatamente”, afirma o comunicado da escola River Ridge High School, na Flórida.

No Kansas, a mãe de um aluno do ensino médio conta que também recebeu um comunicado.

“Acabei de ver um e-mail da escola do meu filho: as crianças estão roubando os porta-sabonetes por causa de um desafio do Tik Tok. Estão pedindo para devolverem”, postou.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui