Maior greve ferroviária em 30 anos paralisa o Reino Unido

Cerca de 40 mil trabalhadores cruzarão os braços


0
Foto: Reprodução

A maior greve ferroviária do Reino Unido em 30 anos começou nesta terça-feira (21), quando dezenas de milhares de funcionários saíram em uma disputa por salários e empregos que pode abrir caminho para uma ação coletiva trabalhista nos próximos meses. Alguns dos mais de 40 mil trabalhadores ferroviários que devem entrar em greve nesta terça, quinta e sábado se reuniram em piquetes desde o amanhecer, deixando a rede de trens paralisada e as principais estações desertas. O metrô de Londres também foi fechado devido a uma greve paralela.

O primeiro-ministro Boris Johnson, sob pressão para fazer mais para ajudar as famílias britânicas que enfrentam o impacto econômico mais difícil em décadas, disse que a ação coletiva prejudicaria as empresas à medida que continuam se recuperando da pandemia. Os sindicatos disseram que as greves ferroviárias podem marcar o início de um “verão de descontentamento” com professores, médicos, trabalhadores de coleta de lixo e até mesmo advogados se movendo em direção a uma ação coletiva, à medida que os preços crescentes de alimentos e combustíveis empurram a inflação para 10%.

Fonte: CNN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui