Maioria dos prefeitos do Vale do Taquari decide por retomada das aulas em outubro

Medida vale para as escolas municipais. Rede privada possui autonomia para seguir cronograma estabelecido pelo Governo do Estado.


3
Tema foi debatido em assembleia realizada na manhã desta quinta-feira (Foto: Gabriela Hautrive)

O tema educação foi a principal pauta da assembleia realizada pela Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat) na manhã desta quinta-feira (3) no Palace Hotel, em Estrela. Conforme o presidente da entidade e prefeito de Imigrante, Celso Kaplan, ficou muito claro de que, a maioria dos prefeitos da região defende a ideia de retomar as aulas presenciais da rede municipal de ensino a partir do mês de outubro. “Isso não depende só da vontade dos prefeitos, mas sim dos pais e da cor da bandeira”, destaca.


ouça a reportagem

 


 

As escolas das redes privadas e estadual possuem autonomia para voltar conforme cronograma estabelecido pelo Governo do Estado, porém, precisam da autorização dos municípios e devem respeitar a classificação das bandeiras do Distanciamento Controlado. Não basta a região estar na bandeira amarela ou laranja para ter o retorno das atividades. Precisa já ter cumprido duas semanas nesta condição e ter uma terceira avaliação, no mínimo, em laranja.

Desta forma, na rede privada, a região poderá retomar as atividades a partir do dia 15 de setembro.  “Existem vários protocolos que precisam ser seguidos, com cada município tendo uma realidade diferente, mas os prefeitos possuem autonomia para decidirem”, completa o presidente da Amvat. Na rede municipal, ainda não há dia definido de quando retornarão as atividades em cada cidade. Lajeado planeja volta às aulas da rede municipal da Educação Infantil para 1º de outubro.

O primeiro cronograma apresentado pelo Estado – agora já descartado – previa a retomada de aulas a partir do dia 31 de agosto. A nova proposta possibilita a volta da Educação Infantil em 8 de setembro, próxima terça-feira; Ensino Superior, Ensino Médio e cursos Técnicos em 21 de setembro; Ensino Médio da rede pública em 13 de outubro; Ensino Fundamental – anos finais em 28 de outubro e Ensino Fundamental – anos iniciais em 12 de novembro.

Texto: Gabriela Hautrive
producao@independente.com.br

3 Comentários

  1. Correção! As escolas particulares não tem autonomia para voltar às aulas presenciais!!! Dependem da autorização do prefeito do município em que a escola está. O que ficou claro na reunião é que Lajeado e Estrela vão autorizar à volta das aulas presenciais nas escolas particulares, conforme o calendário proposto pelo Governo do Estado!

  2. ficou claro que querem que siga em pandemia, bandeira preta e o escambau! assim ficam recebendo verba do governo federal, sem licitação para compras pequenas, votação liberada com ficha suja, etc etc..viva a festa! hipocrisia!! faz votação pra ver, teutonia 75% dos pais querem Ja a volta das aulas indiferente da idade!! ninguém aguenta mais! 1,4 % não nos representa! a vida tem muito mais risco e vivemos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui