Mais de 6 mil pessoas já receberam a 2ª dose da vacina contra a Covid-19 no Vale

18.410 moradores da região já receberam a 1ª dose da vacina


0
Foto: Reprodução / Arquivo

Segundo dados que constam no “Vacinômetro”, ferramenta disponibilizada pela Secretaria da Saúde do Estado Rio Grande do Sul, o Vale do Taquari já tem 18.410 pessoas vacinadas contra o coronavírus. Destas, 6.501 já receberam a 2ª dose, sendo assim, podendo ser considerados imunes contra a doença após duas semanas da aplicação. A informação foi verificada pela reportagem da Rádio Independente às 18h desta sexta-feira (12).

Conforme divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em setembro de 2020, a região, composta por 36 municípios, têm 366.122 habitantes. Desta forma, calcula-se que cerca de 5% da população do Vale já recebeu a primeira dose do imunizante, e a segunda, 1,7% .

Após 53 dias desde o início da campanha, a média de vacinados na região é de aproximadamente 347 pessoas por dia.

Imunizados por município

O município com maior número de pessoas que já recebeu a 2ª dose é Lajeado, com 1.880, o que corresponde a 44,2% do total dos imunizados na região, e 2,2% da sua população de 85 mil habitantes . Na sequência, aparece Estrela, com 807; Taquari, 573; Teutônia, 440; Arroio do Meio, 420; e Encantado, com 303.

Doses disponibilizadas

Um total de 39.022 doses foram disponibilizadas para os municípios que compõem a região. Lajeado é o que teve a maior quantidade de doses destinadas pela 16ª Coordenadoria Regional da Saúde (16ª CRS). Entretanto, das 8686 doses disponíveis aos lajeadenses, 71% foram aplicadas até o momento.

Proporcionalmente, o município que mais vacinou é Doutor Ricardo, considerando que 80% das 250 disponíveis já foram aplicadas.Em contrapartida, Capitão é o que menos vacinou. Conforme o Estado, apenas cinco das 270 doses disponíveis (2%) foram aplicadas até a atualização desta sexta (12).

Além disso, a 16ª CRS recebeu nesta quarta-feira (10), a 7ª remessa de doses da vacina Coronavac. São 6.930 doses do imunizantes destinadas a atingir 100% das pessoas com 80 anos ou mais, além de ao menos 52% das pessoas de 75 a 79 anos e, no mínimo, 83% dos trabalhadores da área de saúde.

Texto: Maria Eduarda Ferrari
producao@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui