3 Comentários

  1. MALUQUICES DA PANDEMIA: ATÉ ECONOMISTAS ESTAO CONTRA A ECONOMIA
    (de Alexandre Garcia)
    É tamanho o disparate, que só deixa margem a uma interpretaçao: é inequívoco que há interesses escusos envolvidos.
    O mesmo ocorre com a medicina. Os “protocolos oficiais” de tratamento têm se mostrado flagrantemente insuficientes – quando nao AGRAVAM a situaçao do doente! Tais “tratamentos” têm inclusive prolongado a permanência média em leitos hospitalares. Ao mesmo tempo, médicos que aplicam tratamentos simples, sem efeitos indesejáveis e EFICAZES, sao penalizados com afastamento do trabalho.
    Há algo de podre no reino…

  2. O virus existe, e a virose também, mas nao é pior do que outras gripes que tivemos no passado.
    Todas as viroses matam alguém que esteja com imunidade deprimida por condiçao pré-existente, como obesidade, diabetes e hipertensao, mas os números exibidos na grande mídia incluem QUAISQUER óbitos, indistintamente, como sendo devidos ao covid. Há que se distinguir óbito POR covid de óbito COM covid.

    As pretensas medidas de contençao da virose (isolamento, máscara etc) têm causado MUITO MAIS prejuízos do que a própria virose. Indústria, comércio e prestaçao de serviços fechados mais promovem desemprego, desespero e violência.

    Nao há justificativa racional para o terror que nos cerca.
    O “remédio” tem sido PIOR do que a doença!

    Mantenhamos as boas práticas tradicionais de nutriçao e higiene – sem a obsessao do uso indiscriminado de álcool, tomada de temperatura, máscara, distanciamento social e outras insanidades do gênero – e voltemos à VIDA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui