Mansão foi usada antes de mega-assalto, diz polícia; dez foram presos


0
Foto: Erikson Rezende/ RPC

A Polícia Federal (PF) disse na manhã desta terça-feira (25) que parte dos suspeitos envolvidos no mega-assalto a uma transportadora de valores no Paraguai, na fronteira com o Brasil, vinha usando uma mansão em Ciudad del Este, mesmo município da ação.

A casa funcionava como base estratégica da quadrilha no país vizinho. Até o início da tarde, dez suspeitos haviam sido presos, o último em Cascavel, no oeste do Paraná, por volta das 12h. Segundo o delegado-chefe da PF em Foz do Iguaçu, Fabiano Bordignon, a Polícia Nacional localizou a residência que vinha sendo usada pela quadrilha ainda na tarde de segunda (24).

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui