Manutenção de tábua de churrasco, mesa de madeira

Confira o comentário do engenheiro agrônomo Nilo Cortez.


0
Foto: Divulgação

Me perguntaram como fazer para limpar tábua de churrasco, bandejas, mesa, prato, bacia e outros utensílios de madeira.

Na verdade, qualquer peça de madeira precisa de manutenção. O tempo resseca, aparecem os riscos, pequenas rachaduras, contaminações, manchas que desvalorizam e enfeiam. A umidade, insetos, poeira e sol também ajudam. Colocação de panelas quentes direto na mesa sem proteção ajuda a aparecer pequenas rachaduras. Ou comer direto na madeira sem toalha ajuda a desgastar a madeira.

Aí começa algumas dicas. Lavar uma tábua ou mesa basta água na temperatura normal, esponja e detergente ou sabão neutro e boa esfregada. Nada de mangueira e mergulhar tudo na água. Não usar água quente que provoca pequenas rachaduras, que será porta de entrada para contaminações e manchas. Nas agroindústrias não é permitido o uso da madeira para as Boas Práticas de Fabricação. Nos reportamos para nossa casa. Muitas vezes peças que contam a história de um familiar. Minha vó usava esta colher de madeira esta tábua era do bisa…. Outra armadilha é deixar de molho e depois secar no sol. Com o tempo vai rachar. Secar sempre com pano e na sombra.

A madeira dura resiste mais que uma macia. Inclusive os riscos de corte aparecem menos, eles vão existir já que é uma tábua de corte. Mas não precisa aparecer na mesa que deve ser protegida. Vale para colher de pau, rolo de massa, pratos, gavetas e armários onde vai ser guardado alimentos e outros. Se a peça está muita desgastada pode usar uma lixa de madeira mais grossa no início para retirar cortes mais profundos e depois lixa mais fina (80-120-180). Limpar bem para receber o tratamento final.

O uso de lustra móveis, óleo de peroba que também é um produto industrial com componentes químicos não deve ser usado nestas peças de madeira que vai entrar em contato com alimentos. Na sua composição tem óleo mineral, óleo vegetal, aromatizante, solvente mineral e solvente vegetal. São considerados abrasivos. O óleo de Peroba é uma marca comercial que desde 1928 é conhecido por todos, mas não usado para madeira em contato com alimentos e sim para móveis em geral.

Foto: Divulgação

Falando em móveis, a umidade é um dos maiores inimigos dos móveis e eles devem ficar cerca de 3 centímetros afastados da parede para circular ar. Os insetos gostam de pouco espaço e de umidade acelerando o processo de destruição da madeira também.
Bom, se nada pode o que fazer? O uso da cera de abelha é recomendado para manutenção da madeira. Além de melhorar a apresentação, ajuda a impermeabilizar, preencher pequenas rachaduras e ser obstáculo para contaminação. É um produto natural, e não há problema de contato com a pele como os abrasivos anteriores. Falem com apicultores ou procure no comércio e é possível adquirir a cera limpa. A cera bruta precisa passar pelo processo de banho maria para limpar. A bruta escurece a madeira.

Eventos e dicas

– 11 Dia do Campeiro: Homenagem Maneco Pereira 18-julho- 1848 Rio Pardo / 11-fevereiro-1926.

– Cera para utilização na madeira. Em partes iguais por exemplo:100 (g) gramas de cera limpa e 100 (ml) mililitros de óleo mineral (farmácia). Derreta a cera em banho maria e depois acrescente o óleo mineral mexendo. Desta forma vai dar uma pasta para ser passada com um pano. Coloque numa vasilha (vidro, plástico) de boca larga facilita o uso. Se quiser fazer mais líquido, coloque um pouco mais de óleo mineral. Passe em movimentos circulares e vai ver o resultado. Guardar em lugar fresco e não bate sol.

Notícias Agrícolas 

O sorgo é o 5° cereal mais plantado no mundo. Tem sua origem na África e Ásia sendo usado para alimentação humana em forma de farinha e grãos. Na indústria de rações, pastoreio direto, corte e silagem. Na onda da energia alternativa a produção “bioetanol”. Tolerante a seca e há cultivares sem tanino. Brasil deve colher 2,5 milhões de toneladas e Goiás o maior produtor.

Por Nilo Cortez 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui