Marca Padu cria roupas agênero e com diversidade de tamanhos

Segundo a criadora das peças, sócia e idealizadora do projeto, Liara Oliveira a loja virtual vem para romper com o padrão preestabelecido do que é masculino e feminino. Exemplo disso é uma das peças da Padu, a saia. "Ela fica linda para homens e mulheres"


1
Modelos vestem as roupas da Padu (Foto: Reprodução / Instagram)

No quadro “Sem preconceito” do programa Panorama desta sexta-feira (19), recebemos a sócia e uma das idealizadoras da marca Padu, que cria roupas agênero e com diversidade de tamanhos, Liara Oliveira. “São peças que vão encaixar em todos os corpos, tanto feminino, quanto masculino, corpos grandes, corpos pequenos. [..] Para que qualquer pessoa possa usar o modelo da Padu”, explica Liara.


ouça a entrevista

 


 

A idealizadora do projeto inovador, lembra que ao longo do tempo a vestimenta foi se alterando, “porque antigamente os homens usavam saia, e depois foi mudado este conceito. Na Padu, a gente quer quebrar isso. A gente quer que cada um vista o que quiser, como se sentir a vontade.”

Liara Oliveira, criadora das peças, sócia e idealizadora do projeto (Foto: Arquivo Pessoal)

A marca vem para romper com o padrão preestabelecido do que é masculino e feminino. Exemplo disso, segundo Liara, é uma das peças da Padu, a saia. “Ela fica linda para homens e mulheres.”

A marca Padu trabalha com vendas online. Liara mora na cidade de Sobradinho, mas a cada 15 dias vem para Lajeado realizar as entregas. O sócio de Liara, o Leonardo, reside em Lajeado.

Liara desenvolve, corta e costura as peças, com auxílio de uma colaboradora. O tecido vem de saldos têxteis — que são tecidos descartados pela “grande indústria”. O fornecedor é de Blumenau, Santa Catarina.

Os maiores clientes da loja são, atualmente, as mulheres grandes e, respectivamente, o público gay.


Situação de preconceito 

Nos perfis da marca, nunca houve preconceito. No entanto, modelos masculinos sofreram comentários ofensivos em suas redes sociais particulares ao postarem fotos com as saias da Padu. “A gente tá aí pra quebrar isso. Vamos colocar a nossa ‘cara a capa’, e explicar que só queremos mesmo é ser feliz”.


Acesse, saiba mais sobre a loja e contate a Padu

Site / loja virtual: sejapadu.com.br
Instagram:@sejapadu 
Facebook: sejapadu

 

Texto: Rodrigo Gallas
web@independente.com.br

1 comentário

  1. a foto fala por si só

    como alguem toma tempo na vida bolando algo tão idiota. E como o ser humano consegue se superar e ser mais idiota ainda em usar, comprar e apoiar algo neste sentido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui