Marcelo Caumo propõe consórcio entre municípios para construção de nova ponte

Vice-prefeito de Estrela, João Schäfer defende que lideranças e entidades pensem na mobilidade urbana do Vale do Taquari


2
Prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo (Foto: Gabriela Hautrive)

Lideranças do Vale do Taquari intensificaram a discussão sobre a construção de uma nova ponte sobre o Rio Taquari após um caminhão carregado com combustível explodir sobre a ponte do Arroio Boa Vista, em Estrela, comprometendo o trânsito na BR-386. Agora, prefeitos e entidades sentam à mesa para discutir o melhor projeto.

Marcelo Caumo (PP), de Lajeado, propõe um consórcio entre municípios da região para realizar a obra. O vice-prefeito de Estrela, João Schäfer, que está a frente do município em função do titular, Elmar Schneider, estar internado com Covid-19, concorda com a ideia. Schäfer defende um debate amplo para qualificar a mobilidade regional.


ouça a entrevista

 


 

O prefeito de Lajeado pondera que “não é um processo tão simples e tão rápido”. “Antes da ponte precisamos de um projeto. E o próprio projeto demanda investimento, demanda estudo e um bom período para que ele possa transcorrer”, comenta. “Por enquanto, falar em nova ponte é muito abstrato, muito distante e, infelizmente, não faz parte da nossa realidade. Significa que nós precisamos concentrar esforços na contratação de um projeto”, defende.

Vice-prefeito de Estrela, João Schäfer, está à frente da administração municipal (Foto: Divulgação)

Caumo explica sua ideia de consórcio. “Naturalmente, não são todos os municípios do Vale do Taquari. Se forem todos, melhor ainda, porque é a principal travessia, a principal rota do Vale do Taquari. Se não forem todos os municípios dispostos a correrem atrás da solução, o consórcio se constitui com essa finalidade objetiva, para dar celeridade e foco ao processo.”

João Schäfer destaca que o desvio de caminhões pesados pelo interior de Estrela provocou o caos em estradas vicinais, deteriorando trechos de asfalto e estradas que a prefeitura buscava recuperar. Segundo o prefeito em exercício, ainda é prematuro se discutir onde será instalada a nova ponte. Ele defende, porém, que as entidades regionais pensem em um plano de mobilidade regional para trazer desenvolvimento os municípios e segurança no trânsito.

“Hoje não tem como a gente definir um tempo e um prazo. Na verdade deve haver uma discussão ampla com nossas entidades e autoridades para que a gente avalie o melhor local e, aí sim, se avance no sentido de um projeto efetivo”, avalia. “A gente precisaria, me parece, sair um pouco dessas individualidades e trabalhar junto em uma ideia grande para a região, que traga desenvolvimento e inovação para todo o Vale do Taquari.”

O prefeito de Lajeado pondera que a principal rota vai seguir sendo a BR-386, como rodovia da produção. “O estudo tem que clarear todas essas informações, e com esse estudo a gente correr atrás das alternativas”, explica Marcelo Caumo.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

2 Comentários

  1. Eu não acredito que não tem um projeto pronto, mesmo assim, não me surpreende, afinal estamos no Brasil! A população do Vale clama por mobilidade a anos. A rótula em frente a BRF em Lajeado, a duplicação da RS 130 (trecho Arroio do Meio/Lajeado), a duplicação da BR 386 , mais uma ponte entre Estrela/Lajeado. No mínimo esses projetos já deveriam estar prontos, seria de mais pedir que já estivessem encaminhados. Eu me pergunto: o que está fazendo essa classe política? No que estão nos representando? Ano que vem tem eleição, e com certeza, caso algum seja candidato, não contará com o meu voto. Grande parte do povo tem memória curta, eu não.

  2. Não há necessidade alguma de mais uma ponte sobre o rio Taquari entre Lajeado e Estrela pois já existe as duas na BR 386 uma nova ponte atenderá muito bem ao tráfico de drogas e contrabandos a população está clamando pela duplicação da RS 130 e rótula da BRF ninguém esta clamando por mais uma ponte na BR!

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui