O distrito de Mariante, que já obteve intenso fluxo fluvial, inclusive com trajeto de Venâncio Aires até Porto Alegre, conta com o porto desativado e tímido trânsito de pequenas embarcações de pescadores e máquinas de extração de materiais pelo rio Taquari, a costa de um dos distritos mais populosos de Venâncio Aires, a Capital do Chimarrão.

Ciente desse processo de perda de identidade hidroviária vem passando, e preocupado com o desenvolvimento econômico da região, um morador local decidiu ajudar a impulsionar o turismo local.

Norberto Luiz de Castro, de 61 anos, que atua com pintura e pesca, comprou e equipou uma embarcação no qual planeja implementar o turismo na região, visando o fortalecimento da economia no distrito de Mariante e o conhecimento das belezas naturais pelas pessoas, por meio do passeio pelo rio.

Ele irá disponibilizar seu barco para as viagens que fizer cobrará apenas o que for gasto com diesel, pois para ele o passeio é prazeroso e só em estar junto e pilotando o seu barco já é retorno suficiente.

O barco de Norberto é do tipo baleeiro, com seguro contratado, barco de apoio e liberação da capitania de portos de Porto Alegre, que regulamenta e libera embarcações para transito hidroviário.

Fonte: Jornal o Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui