MEC muda previsão e adia volta às aulas presenciais em universidades para 1º de março

Confira as informações do programa Correspondente Independente do meio-dia.


0
Foto: MEC / Divulgação

O Ministério da Educação (MEC) estabeleceu, na segunda-feira (7), que as instituições de ensino superior deverão retomar as aulas presenciais a partir de 1º de março de 2021, desde que sigam os protocolos de prevenção da Covid-19. A medida altera a decisão anterior, divulgada em 2 de dezembro, que previa a retomada a partir de 4 de janeiro. A nova portaria, assinada pelo ministro Milton Ribeiro, foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União. Até o dia 28 de fevereiro, portanto, instituições públicas e privadas poderão continuar usando atividades virtuais para substituir o ensino presencial. Depois disso, os recursos digitais só deverão ser utilizados em caráter excepcional e complementar. A nova portaria acrescenta que os prazos poderão ser modificados pontualmente, dependendo do avanço da pandemia da Covid-19. Fonte: G1

Governador do RS diz que fez contato com Butantan para compra da vacina Coronavac

O governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB) afirma ter entrado em contato com o Instituto Butantan, de São Paulo, com o objetivo de comprar a Coronavac, vacina contra o coronavírus produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o instituto paulista. Apesar de o estado gaúcho ter como prioridade fazer parte de um plano de imunização nacional organizado pelo governo federal, Leite pretende comprar caso haja alguma ‘frustração’. O Ministério da Saúde ainda não divulgou o plano definitivo de vacinação contra a Covid-19. Na semana passada, o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Medeiros, disse que o plano só ficará pronto quando houver vacina registrada na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Fonte: G1

Agência dos EUA confirma eficácia de 95% de vacina da Pfizer após 2ª dose

A Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês) confirmou que a vacina experimental para a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica americana Pfizer em parceria com a alemã BioNTech apresentou eficácia de 95% após a segunda dose, de acordo com os resultados da fase 3 dos testes clínicos. Em uma análise preliminar divulgada nesta terça-feira, 8, a FDA ressalta que as companhias forneceram informações adequadas para “garantir a qualidade e consistência da vacina para a autorização do produto nos EUA”. O corpo técnico da FDA se reunirá na quinta-feira, 10, para discutir se recomenda o uso do imunizante de forma emergencial. Caso o grupo decida, na quinta, por uma recomendação positiva, pode ser uma questão de dias até que a agência autorize o uso da vacina no país. Fonte: Correio do Povo

Abono de até R$ 1.045 é pago a nascidos entre julho e novembro

Os trabalhadores nascidos entre os meses de julho e novembro que atuaram por pelo menos um mês com carteira assinada em 2019 recebem nesta terça-feira (8) o abono salarial de até um salário mínimo. O dinheiro será depositado diretamente em uma conta da Caixa ou pelo aplicativo Caixa Tem. Os beneficiados podem sacar recursos até 30 de junho de 2021 nos terminais de autoatendimento e lotéricas. Para ter direito ao abono de até um salário mínimo (R$ 1.045), é necessário ter trabalhado formalmente com remuneração média de até dois salários mínimos por pelo menos 30 dias em 2019. Também é preciso estar cadastrado no PIS/Pasep sistema há pelo menos cinco anos e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). Fonte: Correio do Povo

Caso de agressão contra médico em unidade de saúde de Viamão é registrado pela BM

A Brigada Militar registrou um caso de agressão a um médico em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre, na noite de segunda-feira (7). Segundo a corporação, um paciente teria agredido o profissional que trabalha no local por causa da demora no atendimento. Eles teriam se empurrado e discutido, mas ninguém ficou ferido. O atendimento precisou ser suspenso até a chegada da Brigada Militar. No local, a BM fez um termo circunstanciado. A Prefeitura de Viamão informou que a confusão foi gerada porque um dos pacientes foi reclassificado pela equipe médica, mudando a prioridade no atendimento, o que causou alvoroço no familiar que estava presente. Fonte: G1 RS

Inflação tem maior patamar para novembro em cinco anos, diz IBGE

A inflação oficial registrou o maior patamar para o mês de novembro em cinco anos, de acordo com o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta terça-feira (8). A taxa deste mês ganhou ritmo em relação a outubro (0,86%) e ficou em 0,89%, puxada principalmente pela alta nos preços dos alimentos e combustíveis. Antes disso, só novembro de 2015 tinha registrado resultado maior: 1,01%. Entre os grupos que compõem o IPCA, destaque para os alimentos e bebidas e transportes, que, combinados, representaram cerca de 89% da alta da inflação oficial em novembro. De acordo com Pedro Kislanov, gerente da pesquisa, alguns alimentos continuam a pesar no bolso do brasileiro, como as carnes, a batata-inglesa e o tomate. Fonte: R7.COM

Produção e apresentação: Caroline Silva
Próxima edição: Hoje as 18 horas

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui