Medicamentos para Covid-19: “Está superando o lógico da questão”, diz secretário da Saúde de Lajeado

Segundo Cláudio Klein, como a eficiência da hidroxicloroquina foi questionada, grupos contrários ao uso do medicamento esqueceram que há outros métodos de tratamento.


0
Secretário da Saúde de Lajeado, Cláudio Klein (Foto: Nícolas Horn)

Até o momento, não há vacinas ou medicamentos específicos para a Covid-19. Os tratamentos estão sendo investigados e serão testados por meio de estudos clínicos. No entanto, o debate sobre os medicamentos para e enfermidade “está superando o lógico da questão”, acredita o secretário da Saúde de Lajeado, o médico pneumologista Cláudio Klein.


Ouça a entrevista 

 


 

Como a eficiência da hidroxicloroquina foi questionada, grupos contrários ao uso do medicamento esqueceram que há outros métodos de tratamento, comenta Klein. Por exemplo: um paciente diabético — comorbidade grave — não pode esquecer de acompanhar o nível de açúcar. Fatos como este, estariam acontecendo com recorrência.

Outro ponto abordado pelo médico em sua participação no programa Acorda Rio Grande foi a utilização de métodos caseiros de tratamento. Ele não recomenda, mas também não vê problema em tomar um chá ou o Bálsamo Alemão, produto bastante utilizado antigamente pela comunidade da região. O Bálsamo é, inclusive, um dos itens mais procurados em função do coronavírus.

Texto: Rodrigo Gallas
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui