Médico explica o que realmente significa uma consulta médica

Profissional orienta pacientes a não se autodiagnosticar.


5
Foto: Kainan Oliveira

O tema abordado pelo médico pneumologista Claudio Klein nesta quarta-feira (17) refere-se as consultas médicas e seus desdobramentos, variando de paciente para paciente.

Ele explica que ir ao médico e realizar uma consulta é trabalhar num processo investigativo, em geral para desvendar os motivos que levaram seu organismo a desequilibrar e causar o que chamamos de doença. Klein destaca ainda que existe o caso de consulta preventiva, para quem quer evitar ter danos na saúde e realiza um ‘check up’ na situação corporal.

O médico explica que a consulta médica, mesmo que às vezes possa não parecer, tem uma estrutura definida e protocolar que a grande maioria dos médicos segue. E isto é muito importante pois desse processo é que irá se basear um diagnóstico e dele o seu tratamento, portanto a sua recuperação. Portanto, será baseado nas informações colhidas pelo médico que todo o processo será definido. E claro, isto é fundamental, para o médico e para você.


ouça a entrevista


“Se você prestar atenção, de um modo geral, as estruturas são sempre muito similares: anamnese (definição de uma lógica de eventos que causaram seu desequilíbrio orgânico, ou seja, sua doença), exame físico, avaliação de exames, diagnóstico e conclusão ou proposta de tratamento”, cita..

O médico destaca a importância do paciente estar atento para os detalhes do problema. Saber há quantos dias o problema começou, quais foram os primeiros sintomas e como ocorreram em sequência e o local das dores pode fazer toda diferença.

Ele recomenda ainda que o paciente evite dizer para o seu médico palavras que já seja o diagnóstico, como por exemplo: estou gripado, tenho uma distensão, tenho sinusite, tenho pressão baixa, estou com infecção urinária, tenho gastrite e assim por diante. Segundo ele, o correto é passar os sintomas para que o médico decida se sua queixa é mesmo aquela que estás sugerindo: em vez de gripe, tenho tosse, produtiva ou não, secreção nasal, etc. KO

5 Comentários

  1. Não faço automedicação, mas cobrar na volta de R$ 300,00 a consulta , fica difícil. Ouvi em um noticiário, outro dia, em São Paulo, uma consulta varia de 80 a 100 reais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui