Médicos extraem moeda alojada no nariz de um homem por mais de 50 anos na Rússia

Médicos achavam que homem tinha apenas desvio de septo nasal. Só depois de fazer uma tomografia computadorizada é que ele se lembrou de que, quando criança, aos seis anos, enfiara uma moeda de copeque no nariz ao brincar. Operação durou uma hora e meia.


0
Foto: Divulgação / Ilustrativa

Na Rússia, um paciente de 59 anos queixou-se a um otorrinolaringologista de uma policlínica que há vários meses não conseguia respirar pela narina direita.

Só depois de fazer uma tomografia computadorizada é que ele se lembrou de que, quando criança, aos seis anos, enfiara uma moeda de copeque no nariz ao brincar. Ele teve medo de contar a sua mãe e depois de um tempo se esqueceu do incidente, relatou a mídia.

Segundo a otorrinolaringologista Tatiana Mikhailova, do Hospital Kontchalovski, formações calcárias, rinólitos, se formaram em torno da moeda ao longo dos anos.

“O homem já havia, é claro, experimentado dificuldades respiratórias antes, mas os médicos sempre suspeitaram que fossem causadas por um desvio do septo nasal. A tecnologia moderna possibilitou determinar a verdadeira causa da patologia”, explica.

Médicos experientes realizaram com sucesso uma cirurgia endoscópica sob anestesia geral, que durou uma hora e meia. O paciente foi submetido à correção do septo, e o corpo estranho foi retirado de sua cavidade nasal.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui