Menina de 4 anos sofre queimaduras em Estrela e precisa de ajuda

Acidente doméstico com Mykaella ocorreu na casa da avó, e garota completa duas semanas no HPS de Porto Alegre. Dificuldades financeiras são obstáculo para tratamento.


1
Mykaella Trindade é moradora do Bairro Boa União (Foto: Arquivo pessoal)

Uma família que vive uma apreensão desde o dia 28 de outubro precisa de ajuda. A pequena Mykaella Trindade, de 4 anos de idade, moradora do Bairro Boa União em Estrela, estava na casa dos avós, na linha São José, quando estava correndo e bateu em uma panela de água quente que a avó segurava.

A água atingiu a menina que teve cerca de 30% do corpo queimado. “Eu estava segurando a panela para colocar a água nos frangos, e ela de repente veio correndo e bateu na panela que caiu sobre ela, eu não a vi, foi muito rápido e fiquei apavorada”, explica dona Lilia Bach. Ela conta ainda que a mãe também estava nas imediações e imediatamente procuraram socorro. Em seguida, os profissionais de saúde a encaminharam para o HPS em Porto Alegre, onde Mykaella permanece.


ouça a reportagem

 


Os remédios e gastos com transporte e alimentação são um grande obstáculo para a família que aguarda o posicionamento dos médicos quanto a realização de uma cirurgia plástica, que pode ser necessária em função das queimaduras. “Os médicos vão dizer, pode precisar ainda de uma cirurgia, mas ela já está conseguindo falar, o que no primeiro dia não acontecia, porém ainda recebe alimentos com sonda”, explica a avó. Ela ainda fala do sentimento de tristeza e desespero em função do ocorrido. “Eu não conseguia nem ficar em pé de tão preocupada e apavorada no dia”, conta.

Lilia Bach é avó de Mykaella, e fala sobre a situação da menina de 4 anos (Foto: Júlio César Lenhard)

A mãe Diana está na capital gaúcha para acompanhar a garota de 4 anos, e por essa razão teve que se afastar do trabalho. O pai, está na região e trabalha em obras. Para suprir as despesas os pais têm dificuldades e pedem ajuda.

Uma conta está disponível para quem deseja colaborar financeiramente, embora a ajuda de qualquer espécie seja bem vinda. O número da conta é 00000732-5, operação 023 c/c, agência da Caixa Econômica 0473, em nome de Diana Fabricia da Trindade.

“Algumas pessoas já ofereceram ajuda, mas ainda está difícil para arcar com tudo, não sabemos o que vem pela frente e eles não tem condições de passar por tudo sozinhos”, explica a avó. Dúvidas podem ser sanadas pelos telefones, 99678-2626 com a mãe Diana, ou 9970-08731 com o pai Marciano.

Texto: Júlio César Lenhard
redacao@independente.com.br

1 comentário

  1. Precisa informar o CPF do titular da conta para poder fazer depósito via aplicativo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui