Militares procuram caixas-pretas após queda de avião nas Filipinas

Cinquenta e duas pessoas, incluindo 49 militares e três civis, morreram na tragédia


0
Foto: Handout / Joint Task Force-Sulu / AFP

As forças de segurança filipinas percorreram nesta segunda-feira (5) uma ilha remota no sul do país para procurar as caixas-pretas com as informações do avião que caiu no domingo e provocou 52 mortes, em um dos mais graves acidentes aéreos militares na história do país. O avião Hercules C-130 transportava 96 pessoas, em sua maioria militares recentemente formados, quando saiu da pista no domingo ao tentar pousar na ilha de Jolo, província de Sulu, um reduto de militantes islâmicos.

Cinquenta e duas pessoas, incluindo 49 militares e três civis, morreram na tragédia – o avião pegou fogo depois de sair da pista -, informou o porta-voz das Forças Armadas das Filipinas, o major Edgard Arévalo. Três pessoas morreram em terra, quando trabalhavam em uma pedreira, informou um funcionário do governo local, Tanda Hailid.

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui