Ministério da Saúde conclui envio de vacinas para 1ª dose dos adultos

Confira as informações do programa Correspondente Independente do meio-dia


0
Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Governo do Estado de Santa Catarina

O Ministério da Saúde liberou nesta quarta-feira, em Guarulhos (SP), o último lote de vacinas contra Covid-19 necessário para que os estados concluam a aplicação da primeira dose em todos os brasileiros acima de 18 anos. O lote inclui 1,1 milhão de vacinas, das quais cerca de 900 mil serão enviadas ainda nesta quarta-feira a 26 unidades da federação por via aérea pela Latam Cargo, sem custo aos cofres públicos. As doses do estado de São Paulo vão ser transportadas por via terrestre a partir do almoxarifado do SUS em Guarulhos. A população adulta elegível para vacinação é de 158 milhões, sendo que 139,2 milhões (88%) já haviam recebido a primeira dose até hoje. Correio do Povo

Doença “urina preta” pode estar relacionada a consumo de frutos do mar, alerta governo

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou uma nota, nesta quarta-feira, na qual alerta sobre uma possível relação entre os casos de doença de Half, conhecida como “urina preta”, observados este ano no Brasil, e o consumo de peixes, mariscos e crustáceos sem o selo dos órgãos de inspeção oficiais.De acordo com a pasta, todos os casos notificados e em investigação estão sendo acompanhados por epidemiologistas do Ministério da Saúde, em cooperação com os Laboratórios Federais de Defesa Agropecuária (LFDA) e o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). A doença de Haff apresenta como sintomas rigidez muscular frequentemente associada ao aparecimento de urina escura, que resulta de insuficiência renal. Ela se constitui em um tipo de rabdomiólise, nome dado para designar uma síndrome que gera a destruição de fibras musculares esqueléticas e libera elementos de dentro das fibras

Guardas do Irã assediaram fisicamente inspetoras da ONU em usina enriquecimento de urânio, diz jornal

Inspetoras da Organização das Nações Unidas (ONU) responsáveis pelo monitoramento de instalações nucleares sofreram assédio de guardas do Irã nos últimos meses, de acordo com uma reportagem publicada em um jornal de Nova York na terça-feira (14). Houve contato físico inapropriado por parte dos seguranças e eles deram ordens para que elas tirassem parte de suas roupas, de acordo com diplomatas ouvidos pelo jornal. Segundo um dos diplomatas, foram ao menos quatro ocorrências. Um outro informante disse que foram de cinco a sete incidentes. G1

Comissão deve votar nesta quarta projeto que estende a desoneração da folha de pagamento até 2026

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara deve votar nesta terça-feira (15) o projeto que estende a desoneração da folha de pagamento até 2026, informou o relator da matéria, deputado Jeronimo Goergen (PP-RS). O projeto de desoneração da folha abarca os 17 setores que mais geram empregos na economia do país. Esses setores, atualmente, empregam cerca de 6 milhões de trabalhadores. A desoneração está prevista para acabar no fim deste ano. O projeto em análise amplia o beneficio até 31 de dezembro de 2026, ou seja, por mais cinco anos. G1

Talibãs encontram US$ 12,3 milhões em dinheiro na casa de ex-membros do governo; em Kandahar, berço do grupo, houve protestos

O Banco Central do Afeganistão informou, nesta quarta-feira (15), que os combatentes do Talibã entregaram US$ 12,3 milhões (R$ 64,64 milhões) em dinheiro em espécie e várias barras de ouro, recuperados das casas de ex-autoridades do governo anterior, incluindo a do ex-vice-presidente Amrullah Saleh. “O dinheiro recuperado proveio de funcionários de alto escalão no governo anterior e de uma série de agências de segurança nacional que tinham dinheiro em espécie e ouro em suas casas”, afirmou o comunicado. G1

Produção e apresentação: Caroline Silva
Próxima edição: hoje, às 18h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui