Ministério da Saúde orienta grávidas a tomarem vacina Pfizer ou CoronaVac

Recomendação para gestantes que já haviam tomado a primeira dose da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca é de que retornem para a segunda dose


0
Foto: Hannah Beier/Reuters

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou, em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (8), que será retomada a vacinação de gestantes e puérperas sem comorbidades. Aquelas que tomarem a primeira dose a partir de agora devem receber apenas a CoronaVac ou a vacina Pfizer, não utilizando os imunizantes da AstraZeneca ou da Janssen, de dose única. Para as gestantes que receberam a primeira dose da vacina da AstraZeneca antes da suspensão do uso em grávidas e puérperas, a orientação é que elas devem retornar para uma segunda dose do mesmo imunizante.

A aplicação havia sido interrompida em maio, por uma recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, após a suspeita de que a vacina teria causado uma reação adversa grave em uma gestante no Rio de Janeiro, que veio a óbito. “Após a análise dos dados e o debate amplo com cientistas e pesquisadores em vacinação, e também dos próprios dados epidemiológicos da pandemia, houve o entendimento de voltar com a vacina nas gestantes sem comorbidades”, afirmou Queiroga.

Fonte: CNN Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui