Ministra do Supremo Rosa Weber vota contra convocação de governadores na CPI da Covid

Relatora da ação na Corte manteve sua posição inicial e defendeu a presença voluntária dos comandantes estaduais


0
Rosa diz que investigação de governadores cabe às Assembleias Legislativas (Foto: ROSINEI COUTINHO/SCO/STF)

A ministra Rosa Weber, do STF (Supremo Tribunal Federal), manteve sua posição inicial e votou, na madrugada desta quinta-feira (24), contra a convocação de governadores para prestarem depoimentos na CPI da Covid, que apura ações e eventuais omissões do governo federal no combate à pandemia do coronavírus.

Rosa, no entanto, defendeu que os comandantes dos Estados podem ser convocados para comparecerem, voluntariamente, ao colegiado para uma reunião, desde que exista o comum acordo entre as partes. A decisão da ministra considera que os governadores de Estado devem prestar contas perante a cada uma das respectivas Assembleias Legislativas e ao Tribunal de Contas da União. “Jamais perante ao Congresso Nacional”, escreveu Rosa, que é relatora da ação na Suprema Corte.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui