Ministro do meio ambiente anuncia nova meta climática, com redução de 50% das emissões até 2030

Confira as informações correspondentes do meio-dia


0
Foto: Ministro Joaquim Leite (Foto:Liconln Siebra/MRE/Agência Brasil)

O Brasil iniciou a sua participação no Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, COP26, em Glasgow, na Escócia, nesta segunda-feira (1). Sem a participação do presidente Jair Bolsonaro, o país foi representado pelo ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite. No discurso de apresentação, Leite anunciou uma nova meta climática com redução das emissões de carbono “mais ambiciosa” já para 2030, com o objetivo de alcançar a neutralidade de carbono até 2050. “Apresentamos hoje uma nova meta climática, mais ambiciosa, passando de 43% para 50% até 2030; e de neutralidade de carbono até 2050, que será formalizada durante a COP26”. Fonte: G1

Presidente da COP diz que reunião é última chance para meta climática

A 26ª edição da Conferência das Nações Unidas para Mudanças Climáticas (COP26) representa a última chance para a humanidade cumprir as metas climáticas e limitar o aquecimento global, disse neste domingo (31) o presidente da reunião, Alok Sharma. O encontro começou neste domingo em Glasgow, na Escócia, e vai até o próximo dia 12. O acordo de Paris, assinado em 2016 por 195 países, estabeleceu um limite de 1,5ºC para o aquecimento global. Fonte: Agência Brasil

Mundo passa dos 5 milhões de mortes por covid

Mais de 5 milhões de pessoas já morreram de covid-19 em todo o mundo desde o início da pandemia. A marca foi atingida nesta segunda-feira (1º), 117 dias depois do registro de 4 milhões de vítimas, segundo dados da Universidade Johns Hopkins. Na última semana, os óbitos voltaram a subir 5% globalmente, segundo o mais recente relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS). As piores situações são na Europa, que teve 14% mais mortes do que na semana anterior, e na Ásia, com um aumento de 13% no mesmo período. Já na África elas caíram 21%, embora o ritmo de vacinação esteja extremamente lento e a OMS preveja que apenas 5 dos 54 países africanos devam conseguir alcançar a meta de vacinar totalmente 40% de sua população até o fim do ano. Na época, o país tinha a pior média mundial de óbitos, posição que hoje cabe à Romênia. Hoje, o Brasil é o 40º nesse mesmo ranking, segundo o site “Our World in Data”. O Brasil tem um total de 607.824 vítimas e 21.810.855 infecções confirmadas desde o início da pandemia, em março de 2020. Fonte: G1

Brasil termina outubro com o menor número mensal de mortes por covid-19 do ano

No mês de outubro, o Brasil registrou o menor número de mortes por covid-19 mensais de 2021. Foram reportados 11.075 óbitos pela doença no país. Os dados são do Conselho Nacional de Secretários de Saúde divulgados neste domingo (31). O país registrou 130 mortes e 6.761 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Com a atualização, o Brasil tem um total de 607.824 vítimas e 21.810.855 infecções confirmadas desde o início da pandemia, em março de 2020. Fonte: CNN

WhatsApp deixa de funcionar em smartphones com sistemas antigos

A partir desta segunda-feira, o aplicativo WhatsApp deixa de funcionar em uma série de celulares com versões de sistemas Android, iOS e KaiOS mais antigas. De acordo com a empresa, a medida é necessária porque os ecossistemas já defasados não são capazes de se adaptar adequadamente às atualizações do aplicativo e isso acaba fazendo com que os usuários fiquem vulneráveis a ataques na rede. Para Android, o não funcionamento do app vale para celulares com a versão 4.04 ou anteriores. No iOS, quem utiliza versões antes do 10 não poderão continuar utilizando o mensageiro. Já no KaiOS, a regra vale para quem faz uso de versões que antecedem a 2.5.0. Segundo o WhatsApp, caso os usuários tenham um celular que não pode mais rodar o app, é necessário que seja feito o backup das conversas, que pode ser feito nas configurações do próprio programa. A partir disto, não será perdido o histórico de mensagens ao trocar de telefone depois. Fonte: Correio do Povo

Gruta no interior de São Paulo onde nove bombeiros civis morreram soterrados passa por perícia

A gruta que desabou matando nove bombeiros civis soterrados na zona rural de Altinópolis (SP) deve passar por uma perícia nesta segunda-feira (1º). O trabalho de retirada dos últimos quatro corpos do local do desabamento foi concluído no fim da noite deste domingo (31). Os nove corpos foram encaminhados ao IML (Instituto Médico Legal). As vítimas são cinco homens e quatro mulheres. Uma 10ª resgatada com vida foi levada em estado grave ao Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto. Outras seis pessoas ficaram feridas, mas não chegaram a ficar presas. Elas foram levadas ao Hospital de Misericórdia de Altinópolis e já receberam alta. Um posto de comando unificado foi montado no local para auxiliar os trabalhos na Gruta Duas Bocas, que fica perto da Gruta Itambé, conhecido ponto turístico na cidade. A corporação encerrou as buscas por volta das 19h e deixou o local por volta das 23h. A chuva forte que atinge a região desde a tarde de sábado dificultou o trabalho das equipes de resgate. Fonte: O Sul

Nelson Freire, um dos mais talentosos pianistas do mundo, morre no Rio aos 77 anos

O pianista Nelson Freire, considerado um dos maiores do mundo, morreu no Rio na madrugada desta segunda-feira (1º), aos 77 anos. O músico estava em casa. As causas da morte ainda não foram reveladas. Consagrado pela crítica europeia, Nelson se apresentou com as melhores orquestras do mundo e se tornou um dos grandes intérpretes de Beethoven. Ele também era conhecido por ser um grande intérprete de Chopin. Fonte: G1

“Pila CDL” é a novidade do Lajeado Brilha 2021, que começa nesta segunda-feira

A promoção de fim de ano Lajeado Brilha 2021, promovida pela Câmara de Dirigentes Lajistas (CDL), começa nesta segunda-feira (1). Conforme o presidente da entidade, Aquiles Mallmann, o “Cascão”, a grande novidade desta edição é o “Pila CDL”. Para esta campanha, a CDL espera aumentar as vendas do comércio no período de fim de ano, em até 15%.Mais informações sobre o Lajeado Brilha, no site da Rádio Independente./LF.

Estrela Multifeira recebe 19 mil pessoas nos três primeiros dias

Um público de 19 mil pessoas passou pela Estrela Multifeira nos três primeiros dias do evento. Na contagem estão visitantes, expositores, crianças, trabalhadores e convidados que circularam pelo Porto de Estrela. Foram 15 eventos técnicos, com média de 20 participantes por evento, oito apresentações de danças no Minifestival do Chucrute e 18 shows. Além disso, mais de 80 agentes de turismo e caravanas de regiões como Metropolitana, Serra, Rio Pardo, Noroeste do Estado estiveram no maior evento do Vale do Taquari em 2021. A Estrela Multifeira terá sequência na próxima sexta-feira (5), se estende pelo sábado (6) e termina no domingo (8). O Grupo Independente, assim como fez no primeiro fim de semana, prepara uma grande cobertura com programas especiais para o segundo fim de semana da feira. RS

RS inicia processo de matrícula e de rematrícula de alunos na rede estadual para 2022

O processo de matrícula de alunos na rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul começa nesta segunda-feira (1º) e vai até o dia 28. As rematrículas também devem ser feitas ao longo desse período. Para transferências, o prazo será entre os dias 3 e 14 de janeiro. As inscrições devem ser feitas por meio da internet, através do site da Secretaria Estadual da Educação (Seduc). Fonte: G1

Produção e apresentação: Ricardo Sander
próxima edição: às 18h

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui