Ministro do Meio Ambiente pede a liberação de R$ 134 milhões para combater queimadas na Amazônia e no Pantanal

Sem recomposição do limite financeiro, há o risco de paralisação das ações.


0
Foto: Reprodução/Twitter

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, solicitou ao seu colega da Economia, Paulo Guedes, a liberação de R$ 134 milhões para dar continuidade ao combate às queimadas na Amazônia e no Pantanal.

Em ofício encaminhado nesta semana, Salles diz que a pasta não tem saldo e que, sem recomposição do limite financeiro, há o risco de paralisação das ações contra o desmatamento, fiscalização e gestão de unidades de conservação. A política ambiental do governo federal é alvo de pressão internacional. Dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) mostram que o Brasil encerrou o mês de agosto com o segundo pior resultado de queimadas na Amazônia nos últimos dez anos.

Em junho, Salles já havia pedido ao Ministério da Economia o reforço no caixa em R$ 230 milhões. A pasta, no entanto, liberou apenas R$ 96 milhões. A nova solicitação tenta agora reaver a diferença de R$ 134 milhões que não foi atendida no pedido anterior. O ministro argumenta que a solicitação é para recompor o remanejamento de R$ 230 milhões para repasse aos nove Estados da Amazônia Legal, em janeiro, após decisão do STF (Supremo Tribunal Federal). O recurso tinha como origem o fundo da Lava-Jato.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui