Missa de Sétimo Dia de Paulo Gustavo será transmitida na TV e na web

Cerimônia ocorrerá nesta terça-feira (11), com exibição pelo Multishow, a partir das 18h30


0
Foto: Divulgação

A Missa de Sétimo Dia do ator Paulo Gustavo, que faleceu em 4 de maio devido a complicações causadas pela Covid-19, ocorrerá nesta terça-feira (11), com exibição pelo Multishow, a partir das 18h30.

“Como retribuição a todas as manifestações de carinho que têm recebido, os familiares do artista dividirão a última homenagem com os fãs e admiradores interessados em despedirem-se”, diz um comunicado divulgado pela família.

A cerimônia também será transmitida pelo Globoplay Mais Canais, que “estará aberto e, mesmo quem não é assinante da plataforma, poderá acompanhar”.

A celebração será realizada pelo reitor do Santuário Cristo Redentor, padre Omar, no Santuário Cristo Redentor da Arquidiocese do Rio de Janeiro.

“A celebração seguirá as normas internacionais contra o coronavírus e as regras da Arquidiocese do Rio de Janeiro e da Vigilância Sanitária. Na missa, restrita a parentes e amigos próximos do artista, homenagens serão feitas ao ator e a todas as vítimas da Covid-19”, conclui o comunicado.

Em consulta, mais de 30 mil aprovam nome de Paulo Gustavo a rua de Icaraí

O ator Paulo Gustavo, vítima de complicações da Covid-19, deve ganhar uma homenagem em Niterói, cidade onde nasceu e viveu por vários anos. Moradores votaram por dar o nome do ator a uma rua no bairro de Icaraí, que atualmente se chama Coronel Moreira César, militar do Exército que participou da Guerra de Canudos.

O município de Niterói fez uma consulta pública por meio de uma plataforma digital e contou com a participação de 34 mil moradores. Cerca de 90%, mais de 31 mil pessoas, votaram pela troca do nome.

Diante do resultado, o prefeito Axel Grael (PDT) vai encaminhar à Câmara uma mensagem executiva, solicitando a mudança.

Paulo Gustavo sempre mostrou carinho por Niterói e usou a cidade como cenário de alguns de seus trabalhos. O ator morreu na terça-feira (4), após 52 dias internado em um hospital particular no Rio de Janeiro.

O humorista ainda pode receber outras homenagens. Um projeto apresentado na Câmara dos Deputados pede que a Ponte Rio-Niterói deixe de se chamar Presidente Costa e Silva, que comandou o país durante parte da ditadura militar, para Paulo Gustavo. A autoria é do parlamentar Chico D’Angelo (PDT-RJ).

Fonte: CNN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui