Moradores do Vale do Taquari relatam momento em que avistaram meteoro

Depoimentos são de pessoas de Lajeado, Arroio do Meio, Cruzeiro do Sul, Teutônia, Sério e Forquetinha. Fenômeno ocorreu na noite de sexta-feira (8).


1
Fenômeno, que aconteceu às 20h29 da sexta-feira (8), pôde ser visto em diversas cidades do RS (Foto: Observatório Espacial Heller & Jung / Divulgação)

Um fenômeno natural, nos céu do Rio Grande do Sul, se tornou um dos assuntos mais comentados entre a noite de sexta-feira (8) e manhã de sábado (9). Conforme o Observatório Espacial Heller & Jung, localizado em Taquara, na Região Metropolitana de Porto Alegre, trata-se da passagem do primeiro meteoro de alta magnitude no estado. O fenômeno, que aconteceu às 20h29, pôde ser visto em cidades da Região Metropolitana, Litoral Norte, e regiões Centro e Norte do estado, tendo a duração de sete segundos.


Ouça a reportagem

 


 

No Vale do Taquari, moradores de Lajeado, Arroio do Meio, Teutônia, Cruzeiro do Sul, Sério e Forquetinha, relataram que conseguiram visualizar o fenômeno que entrou na atmosfera a uma altitude de 80 km e foi extinto há 42 km de altitude. A moradora de Sério, que está de férias na praia de Imbé, Isabel Cristina Krüger, conta que estava fazendo um churrasco com a família na parte externa da casa quando viu uma luz no céu. “Alguém gritou, olha uma estrela, e todos viraram, quando vimos era realmente tipo uma estrela, mas maior e muito rápida”.

Em Cruzeiro do Sul, Mariani da Silva Steiner, conta que estava na piscina quando escutou um som semelhante a uma turbina. “De repente surge uma imagem, a bola e a cauda de fogo, que passou lentamente pelos meus olhos, lembro da admiração por não saber o que era naquele momento, mas uma imagem muito bonita”. Ainda no sábado (9) pela manhã, após o ocorrido, a ouvinte da Rádio Independente, Cíntia Gabrieli Liesenfeld, de Arroio Grande, interior de Arroio do Meio, também entrou em contato com a emissora para relatar o que viu sobre o fenômeno.

Meteoros de menor magnitude foram registrados pelo observatório em 2020 (Foto: Observatório Espacial Heller & Jung / Divulgação)

“Eu e meu namorado vimos, estávamos em uma plantação de milho, quando estávamos indo pra casa, estava bem escuto, vimos uma bola de fogo com faísca, e desapareceu, até pensamos que pudesse ter caído na lavoura”, relata. Da mesma forma, a moradora do Bairro Universitário de Lajeado, Patrícia Rasche, conta que seu esposo, Pedro Alexandre Garcia e a filha Gabriela, presenciaram o momento. “Eu estava trabalhando e eles estavam me esperando, momento em que meu marido disse: olha uma estrela cadente, faz um pedido. Eles falaram que era tipo uma estrela grande com uma bola de fogo, dai fez um barulho e do nada sumiu”, explica.

Observatório de Taquara registra meteoro de alta magnitude no céu do RS

 

Outras manifestações

Nas redes socais e Whatspp do estúdio da Rádio Independente, moradores de diversos municípios da região, relataram através de mensagens de texto na manhã de sábado (9), que viram o fenômeno e ouviram um estrondo. Ângela Wilsmann, de Palmas, em Arroio do Meio, disse: “eu e meu marido também ouvimos um estrondo. No momento até falamos que barulho foi esse?”.

Assim como Jandir Gall, de Forquetinha: “Eu vi e ouvi o estrondo em seguida”, escreveu. Dois moradores de Teutônia, identificados apenas com o primeiro nome, Júlio e Adir, escreveram que também visualizaram um “clarão no céu”. Além de outras mensagens que foram encaminhadas para a emissora.

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

1 comentário

  1. Que será o casal de namorados estavam fazendo no milharal a essa hora já que relataram estar tão escuro??
    Kkkkkkkkkkkkkkkkķkk

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui