Morre Charlie Watts, baterista dos Rolling Stones, aos 80 anos

O artista, que toca nos Stones desde 1963, já havia anunciado no dia 4 deste mês que não participaria da próxima turnê da banda, chamada No Filter, por motivos de saúde


0
Foto: Divulgação

O baterista da lendária banda britânica Rolling Stones, Charlie Watts, morreu nesta terça-feira (24), segundo anunciado pelo agente do artista. Watts tinha 80 anos e a causa da morte ainda não foi revelada.

O músico, que toca nos Stones desde 1963, já havia anunciado no dia 4 deste mês que não participaria da próxima turnê da banda, chamada No Filter, por motivos de saúde. Ele estava internado em um hospital em Londres, e sua família o acompanhava no local. Em nota, o agente afirma que Watts era “um marido, pai e avô amado” e “um dos maiores bateristas de sua geração”. Nada foi divulgado sobre o funeral e sepultamento do músico, sob pedidos de privacidade por parte da família.

Cirurgia de emergência e abandono da turnê

Pouco se sabe sobre o quadro de saúde de Charlie Watts. No início do mês, ele passou por uma cirurgia em caráter emergencial, mas não informou qual o procedimento, nem se havia outro problema por trás da iniciativa – disse apenas que havia sido “totalmente bem-sucedida” através de um porta-voz. A cirurgia levou ao afastamento do baterista da próxima turnê dos Rolling Stones, a primeira após o cancelamento de eventos devido à pandemia da Covid-19. A série de shows chamada de No Filter deve percorrer Dallas, Atlanta, Los Angeles e Las Vegas, a partir de 26 de setembro, e as baquetas ficarão nas mãos de Steve Jordan, que toca no projeto paralelo de Keith Richards.

Fonte: CNN

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui