Morre ex-secretário da Administração de três municípios do Vale, Alécio Weizenmann

Aos 68 anos ele teve complicações respiratórias e esperava por leito de UTI com suspeita de Covid-19.


0
Alécio Weizenmann foi secretário da Administração de Arroio do Meio, Marques de Souza e Colinas (Foto: Júlia Reis)

Morreu na manhã desta terça-feira (1º) o jornalista e secretário da Administração e Fazenda de Colinas, Alécio Weizenmann, aos 68 anos. Além de estar atuando desde o início da administração de Sandro Hermann (PP), Weizenmann já foi secretário da Administração de outros dois municípios do Vale do Taquari: três vezes em Arroio do Meio, município no qual residia e tinha grande envolvimento comunitário, e outras três vezes em Marques de Souza.

O jornalista teria testado negativo para Covid-19 na última semana, quando ainda estava trabalhando. No último domingo (29) ele teve complicações respiratórias e internou no Hospital São José, de Arroio do Meio, onde veio a falecer por volta das 7h desta terça. Ele aguardava por um leito de UTI e seria encaminhado para hospital de Passo Fundo, após dificuldades em encontrar leitos vagos de UTI nos hospitais da região. Segundo familiares não possuía doenças graves.

Como Weizenmann estava com suspeita de coronavírus, não foi realizado velório. Uma rápida despedida será feita no Cemitério Católico de Forqueta, com previsão de enterro do corpo às 11h.

Quem foi Alécio Weizenmann

Weizenmann foi um dos grandes líderes da campanha da eleição de Danilo Bruxel em Arroio do Meio e era cotado para ser secretário da administração do município pela quarta vez. Ele ocupou o cargo nas outras duas gestões de Danilo Bruxel e uma de Paulo Backes. Também foi secretário da Administração de Marques de Souza, nas gestões de Gelsi Arend, Rubem Kremer e Ricardo Kich. Ele era colunista do Jornal O Alto Taquari, de Arroio do Meio.

Há muitos anos era o secretário do Progressistas (PP) de Arroio do Meio, e tinha muita ligação com a comunidade do Bairro Forqueta, na comunidade católica, coral e no clube Forquetense. Aos 68 anos ainda costumava jogar futebol com frequência. Alécio Weizenmann deixa a esposa Noemia, três filhos e três netos.

Segundo o prefeito de Colinas, Sandro Hermann (PP), que está isolado desde esta segunda (30), após ter testado positivo para Covid-19, o secretário chegou a ficar isolado em casa por dois meses no início da pandemia por ser idoso, mas pediu para retornar e trabalhou até sexta-feira passada.

Sandro Hermann está com tosse, sem olfato e paladar e está sendo substituído pela vice-prefeita Regina Sulzbach (PTB) na administração de Colinas.

Texto: Ricardo Sander
ricardosander@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui