Morre Lenira Maria Klein, ex-presidente da Slan e mãe do secretário de Saúde de Lajeado

Lenira assumiu a presidência da entidade em 1980, e permaneceu no cargo durante 37 anos.


0
Lenira Maria Müller Klein faleceu aos 97 anos de idade (Foto: Renata Leal / Divulgação)

Morreu nesta segunda-feira (18), de causas naturais, Lenira Maria Müller Klein, aos 97 anos de idade. Ex-presidente e incentivadora da Sociedade Lajeadense de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Slan), Dona Lenira também era mãe do secretário de Saúde de Lajeado, Cláudio Klein. A idosa deixa uma história na instituição, a qual se dedicou por parte de sua vida realizando um trabalho voluntário de amor e comprometimento a frente da Slan.

Lenira assumiu a presidência da entidade em 1980, e permaneceu no cargo durante 37 anos. Por último ela era presidente de honra da Slan, da qual o Lar da Menina faz parte. A coordenadora administrativa da Slan, Sandra Pretto, que conviveu com Lenira, destaca o grande legado que fica. A ex-presidente de honra a ensinou o verdadeiro valor da doação ao próximo e de lutar pelas pessoas que mais precisavam. “Dona Lenira era a alma da Slan. Uma inspiração para a vida. Nunca teve horário para estar na entidade, sempre disposta e preocupada em deixar e proporcionar o melhor para as crianças”, diz.

Lenira era casada com Matias Lauro Klein (em memória), mãe de Carlos Heitor (em memória) e Marília, Maria Otília e esposo Gilmar, Cláudio André Klein e Rosane, Caio Augusto e Simone. Netos: Vinícius, Cecília, Natasha, Ágata, Luísa e Lara. Seu corpo está sendo velado nas Câmaras Mortuárias do Florestal na Capela C. O sepultamento será às 11h30 desta terça-feira (19) no Cemitério Católico da Hidráulica.

História

No dia 3 de junho de 1923, nascia a menina Lenira Maria Müller, única, com uma grande missão: cuidar de vidas. Viveu intensamente, casou com Dr. Lauro Klein com quem teve quatro filhos, mas não era o suficiente. Outras vidas precisavam do seu amor, generosidade, compaixão, alegria e sua entrega foi total. A Slan foi seu coração pulsando cada dia intensamente por todos estes anos. As crianças eram o brilho dos seus olhos. Hoje no coração da Slan fica a saudade, mas com a certeza de uma missão cumprida com muita coragem, determinação e ousadia de vencer a cada dia, para continuar a atender as crianças e adolescentes.

Um sentimento de gratidão no coração de todos que foram privilegiados com sua presença, seu olhar, seu colo afetuoso e sua generosidade. Este coração vai continuar pulsando e somos nós, familiares, amigos, crianças, adolescentes, famílias, comunidade lajeadense que vamos manter esta vida pulsando. A equipe da Slan agradece a dona Lenira Maria Müller Klein pela sua história de vida que fortalece esta instituição com seu exemplo, coragem e determinação. Descanse em paz.

Texto: Gabriela Hautrive / colaboração: Assessoria Slan
reportagem@independente.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui