Morre Nelson Sargento, ícone do samba

O sargento foi diagnosticado com o Covid na última sexta-feira (21)


0
Foto: Reprodução

Morreu nesta quinta-feira (27) o sambista Nelson Sargento, aos 96 anos, presidente de honra da Estação Primeira de Mangueira e autor de sucessos como “‘Agoniza, mas não morre”.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), ele morreu às 10h45, no Rio de Janeiro. Sargento foi diagnosticado com o Covid na última sexta-feira (21), quando foi internado no Inca.

Além da idade avançada, Nelson também sofreu com um câncer de próstata anos atrás. Uma de suas últimas aparições em público foi em 12 de fevereiro, no Museu do Samba, em um manifesto em defesa do carnaval — cancelado este ano por causa da pandemia.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui