Muçum lança roteiro turístico de Casas e Casarões

Município lançou logomarcas, seu primeiro roteiro turístico e formatou o Comtur. "Nos antemos da necessidade de profissionalizar o turismo na cidade", diz o prefeito Mateus Trojan


0
Prefeito de Muçum, Mateus Trojan (Foto: Rodrigo Gallas)

Através de um evento com limitação de público, na Câmara Municipal de Vereadores, Muçum lançou na noite da terça-feira (27), a logomarca do turismo e seu primeiro roteiro turístico, denominado “Casas e Casarões de Muçum”. Além disso, foi apresentado o Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

O assunto foi pauta para o prefeito de Muçum, Mateus Trojan, no programa Panorama desta quinta-feira (29). Segundo o gestor, o momento marca a estruturação do setor, julgado importante para seu desenvolvimento, uma vez que o Vale do Taquari observa a ascensão de seus produtos turísticos.

Assista à live da entrevista

Trojan enaltece que o município tem inúmeros potenciais turísticos, como a ferrovia do trigo, que traz túneis, viadutos e pontes. Dentro disto, há a participação do Trem dos Vales. “Nos antemos na necessidade de profissionalizar o turismo na cidade”.


Muçum Turismo

Logomarcas do turismo de Muçum (Imagem: Divulgação)

A logomarca Muçum Turismo foi desenvolvida na busca por representar e destacar o setor turístico de Muçum. Ela destaca um dos principais pontos turísticos de Muçum, a Ponte Brochado da Rocha. A obra é uma espécie de marca registrada da cidade, conhecida como a Princesa das Pontes.

A partir da nova marca, está em progresso a confecção de placas de sinalização, panfletos digitais e impressos, para apresentação dos produtos turísticos de Muçum, materiais que serão ferramentas de divulgação e prospecção de novos visitantes, consumidores e investidores.


Casa e Casarões de Muçum

A rota, tem como objetivo preservar a história e o patrimônio local, valorizando as famílias que se mantêm residindo nas localidades, e que conservam crenças e costumes. Em seus 30 quilômetros, ela abrange as localidades do Centro, Bairro Fátima, linhas São Faustino e Santa Juvita, Barra das Contas, São Romédio, Alegre e Alegre Caravaggio.

Pelo trecho destacam-se casas e casarões antigos, alguns edificados na década de 20, que retratam a colonização italiana em Muçum e Região. Fazem parte, ainda, capitéis religiosos e paisagens naturais, com destaque para o Rio Taquari. Cada casa ou casarão receberá uma placa de identificação, com a logomarca do projeto. Estuda-se desenvolver uma rota de cicloturismo, através do percurso.


Parceria com a Amturvales

Ambas as logomarcas, de turismo e a da rota, foram desenvolvidas em parceria com a AmturVales, através de contrato vigente com o município, tendo como responsável pela criação a Plural Comunicação Integrada. RG/AI

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui