Mulher é presa suspeita de matar filho e jogar corpo no rio em Imbé

Segundo a polícia, criança sofria tortura física e psicológica. Corpo de Bombeiros faz buscas para encontrar o corpo


0
Rio Tramandaí, no limite entre Tramandaí e Imbé (Foto: Reprodução / Ilustrativa)

Uma mulher de 26 anos foi presa em flagrante, nesta sexta-feira (30), suspeita de matar o filho de 7 anos e jogar o corpo em um rio em Imbé, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Ela teria dado remédios para a criança. De acordo com a polícia, o menino vivia sob intensa tortura física e psicológica.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Antonio Carlos Ractz, em depoimento à polícia, a mulher confessou o crime. De acordo com a Brigada Militar e a Polícia Civil, a mulher teria ido até a Delegacia de Polícia de Tramandaí na noite de quinta-feira (29) para registrar que o filho estava desaparecido há dois dias, em Imbé. Após o registro foram feitas buscas na casa da suspeita.

No local, a polícia encontrou uma mala que teria sido usada para transportar o corpo do menino até o local onde ele foi jogado, no Rio Tramandaí, no limite entre Tramandaí e Imbé. Segundo Ractz, a mulher informou que na noite do crime, quarta-feira (28), administrou medicamentos para a criança, e não tendo convicção de que estava morta, decidiu ocultar o corpo.

Fonte: G1

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui