Mulheres vítimas de violência doméstica podem fazer denúncias em farmácias

Atendentes estão recebendo capacitação on-line para o procedimento.


0

O enfrentamento à violência contra as mulheres no Rio Grande do Sul é a prioridade da Campanha Máscara Roxa, lançada na manhã desta quarta-feira (10). Com a iniciativa, mulheres vítimas de violência doméstica podem denunciar casos de agressões nas farmácias que tiverem o selo “Farmácia Amiga das Mulheres”, durante o período de isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus.

Ao chegar na farmácia, a vítima deve pedir uma “máscara roxa”, que é a senha para que o atendente saiba que se trata de uma solicitação de ajuda. O profissional dirá que o produto está em falta e coletará alguns dados da vítima. Depois, o atendente da farmácia passará à Polícia Civil as informações coletadas, via WhatsApp, para que a corporação tome as medidas necessárias.

Os atendentes estão recebendo capacitação on-line para o procedimento e para garantir a segurança das vítimas. A campanha é uma iniciativa do Comitê Gaúcho ElesPorElas, da ONU Mulheres, e se concretiza a partir de um termo de cooperação assinado em conjunto com órgãos ligados aos poderes Executivo e Judiciário e entidades ligadas à pauta das mulheres.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui