Município de Cruzeiro do Sul não quer mais o pedágio  

"Já estamos há 23 anos com o pedágio dividindo a comunidade, não queremos mais desse jeito", fala Marcos Henrichsen


0
Foto: Joel Alves

Na noite desta segunda-feira (28), houve uma reunião na Câmara de Vereadores de Cruzeiro do Sul, onde estiveram presentes a vice-presidente da Associação de Comercial e Industrial (Acics), Flávia Weissheimer, vereadores e a comunidade. O objetivo foi a licitação do pedágio que deve acontecer em três semanas.


 

OUÇA A REPORTAGEM 


Foto: Divulgação

O Presidente da Comissão formada para defenderem a não renovação da praça de pedágio, Marcos Henrichsen, salientou que o município está dividido ao meio, atrapalhando a vida e a economia de Cruzeiro do Sul. 

Atualmente são cerca de 600 pessoas que possuem a isenção de pagarem o pedágio por morarem próximo a praça, mas no novo edital as isenções não estão previstas. “Estamos fazendo um grupo de WhatsApp, um abaixo assinado e movimentando deputados e lideranças para nos ajudarem em não termos mais o pedágio no município”, salienta Marcos Henrichsen. Hoje o pedágio trás de arrecadação para o município cerca de R$ 6 mil, por mês, considerado pouco pelo transtorno que traz. “Já estamos há 23 anos com o pedágio dividindo a comunidade, não queremos mais desse jeito”, diz Henrichsen. JA

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui