ouça os gols


Na estreia do técnico Guto Ferreira, o Internacional voltou a tropeçar na Série B. Na noite deste sábado, no Beira-Rio, os donos da casa até saíram na frente no duelo local contra o Juventude, mas cederam o empate em 1 a 1, repetindo roteiro do que já havia acontecido na segunda rodada, contra o ABC-RN.

Após quatro rodadas na segunda divisão do Campeonato Brasileiro, o Inter só conseguiu vencer na estreia, contra o Londrina (3 a 0). Além do empate deste sábado, também cedeu igualdade para o ABC (1 a 1) e perdeu para o Paysandu (1 a 0), em resultado que custou o emprego de Antônio Carlos Zago.
O tropeço, sem dúvida, não era a reestreia como treinador que Guto esperava, em seu retorno ao Internacional após passagens anteriores pelo clube, onde trabalhou na base e também comandou o time principal, em 2002. Em sua volta, a vitória parecia perto, mas um gol já perto do fim mudou tudo.

Se a ideia era repetir a atuação do jogo de quarta-feira, contra o Palmeiras na Copa do Brasil, em que a equipe, apesar da eliminação, se apresentou bem, o objetivo foi parcialmente atingido. O Inter até encontrou dificuldades, principalmente no primeiro tempo, mas teve várias chances para vencer.

Os gols saíram todos na segunda etapa. A equipe colorada saiu na frente logo aos dois minutos, com participação decisiva de Carlos, que havia acabado de entrar na vaga de Uendel. O ex-Atlético-MG dividiu com a zaga do Juventude, e a bola sobrou para o uruguaio, que bateu no canto e não perdoou.

Para consagrar a substituição de Guto no intervalo, Carlos até teve chance incrível de marcar o seu aos 21 minutos, mas, livre, acabou mandando por cima bola passada por William Pottker. O erro, porém, acabou custando caro, porque o Juventude empatou o jogo aos 38 minutos, com Tiago Marques.

Pouco antes, Marques já havia exigido grande defesa de Danilo Fernandes, também de cabeça. Após cruzamento de Vinicius, porém, o goleiro nada pode fazer, e o Inter tropeçou mais uma vez.

Na quinta rodada da Série B, já na próxima terça-feira, o Internacional vai visitar o Figueirense, outro rebaixado no Brasileiro de 2016, às 20h30. No mesmo dia, mais cedo, às 19h15 (horários de Brasília), o Juventude tem compromisso em casa, no Alfredo Jaconi, também contra um catarinense, o Criciúma.

Fonte: Espn

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui