Na véspera da Páscoa, comércio volta a funcionar em sábado após cinco semanas

Em Lajeado a procura foi grande, especialmente nas lojas de doces


0
Rua Júlio de Castilhos teve grande movimento na Rua Júlio de Castilhos na manhã deste sábado (Foto: Ricardo Sander)

Neste 3 de abril o comércio do Rio Grande do Sul pôde reabrir suas portas em um sábado após cinco semanas. Desde o dia 27 de fevereiro que isto estava proibido. A permissão é especial para este sábado por conta das compras de Páscoa, considerada uma data muito importante para o comércio. Ao longo da semana o Gabinete de Crise do Governo do Estado avaliará se a medida poderá ser repetida nos próximos sábados.

A permissão é válida também para bares e restaurantes, onde o horário limite para atender clientes de forma presencial é 18h neste sábado (como vem ocorrendo nos dias úteis). O atendimento pode ser feito nas modalidades de take away (pegue e leve) e drive-thru entre as 5h e 20h em todos os dias da semana, inclusive sábados, domingos e feriados.

Lojas de chocolate tiveram formação de filas do lado de fora (Foto: Ricardo Sander)

Na manhã deste sábado a reportagem da Rádio Independente verificou um movimento intenso na área central de Lajeado. Às 9h havia filas em frente a lotéricas e lojas de chocolate e doces. A comerciária Tatiane Magedanz, aproveitou e foi logo cedo garantir o chocolate para a família. “Eu vou comprar uma lembrança para os meus afilhados, pro maridão, que merece um presente, e também para outras pessoas especiais da família” diz. Ela vibra com a possibilidade do comércio voltar a atender em sábado. “Como o nosso dia a dia é muito corrido durante a semana o sábado é muito importante faz muita diferença para os clientes, inclusive podendo comprar à tarde”, cita. Logo após as compras ela retornou ao trabalho em uma ótica do Centro de Lajeado.

Lojas puderam abri após cinco sábados seguidos fechadas (Foto: Ricardo Sander)

Proibição das 20h às 5h estendida até sexta-feira

Na última quinta-feira (1º), o governador Eduardo Leite também anunciou que a restrição de horários às atividades econômicas, que começou no dia 20 de fevereiro com o objetivo de conter o crescimento de casos e internações por Covid-19 e que terminariam no domingo (4), será mantida nos dias úteis até a sexta-feira da próxima semana, dia 9 de abril, entre 20h e 5h. Novas reuniões ocorrerão nos próximos dias para discutir as medidas de prevenção.

Para os supermercados, o limite de funcionamento é 22h em qualquer dia da semana. Todos os serviços podem operar em modo delivery (tele-entrega). As atividades essenciais, como farmácias, clínicas médicas, postos de combustíveis, entre outros, não têm restrição de horário.

Parques temáticos, de aventura, jardins botânicos, zoológicos e museus, entre outros espaços de cultura e lazer, seguem proibidos de receber público externo na bandeira preta e na vermelha (limite para quem está em cogestão) em qualquer dia da semana. A permanência em praias, praças e parques urbanos também segue restrita e estão liberados apenas para atividades físicas individuais.

Texto: Ricardo Sander
ricardosander@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui